Pesquisar neste blog

Origem das Visitas

AROLDO FILHO

https://www.facebook.com/DelfosJornal GRUPO AROLDO FILHO NO FACEBOOK

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Crônica virtual sobre Cronismo Virtual

Comentários levianos é tudo que desejam. Pequenas banalidades da vida. Pequenas minudências de um detalhe e outro, e pupilos indulgentes. Defitivamente o trabalho contratado de terceiros não me agrada. É da natureza da canalha o gosto pelas pequenas vitórias, mas, e é o orgulho quem diz: não existe diferença.


Vez por outra é oportuno.


O café esfria, os papéis formam um pequeno monte. São as cantadas, réplicas e tréplicas. Os amores extravagantes, os causos mais banais, as artificialidades mais incoerentes para o tédio animoso. Conheço a pessoa, em especial o artista, de acordo com seus gostos dentro de certos assuntos: se ele fala daquilo que faz, daquilo que sonha, daquilo que pensa dever agradar, ou daquilo que tenta esquecer.


O Futuro, verdadeiro juiz de todos os atos, escolhe ao seu gosto uns e outros. Não é comum, mas até mesmo um antigo clássico pode ser bem ridículo. A largura de um discurso, a perenidade de uma sensação, não são virtudes relacionadas com o prestígio, e aqui, o Destino pinta suas grandes ironias, e troca o rei pelo bobo vez por outra.

No mínimo, é preciso viver na liberalidade de um cortesão. Então, vez por outra a mão declama às generalidades usuais. o bonachão da vida, do modernismo esclerosado, Era da lassidão, da confusão, a verossimilhança da hora. Com palavras mais simples, naturalmente.

CORES DA BANDEIRA

CORES DA BANDEIRA

Verde: Bragança, família de Pedro IV (dom Pedro I no Brasil)
Amarelo: Habsburgos, família da imperatriz Leopoldina
Azul: Esfera de almicar, instrumento de navegação
Estrelas: Estados
"Órdem e progresso": Frase positivista de Augusto Comte, "O amor por princípio e a órdem por base; o progresso por fim"

ATEU POETA

Fonte: Revista "Aventuras na História", edição 98/setembro-2011

DIAS DA SEMANA


Feria = dia de festa no original em Latim cujo significado foi alterado pela influência cristã para "dia sagrado".
Shabba ou Sabbat = dia judeu de repouso.

Em Inglês:

Sunday: Dia do sol
Monday: Dia da Grande-Mãe (Freyam ou Idun)
Tuesday: Dia de Tyr ou Tyu
Wednesday: Dia de Odin (Wedin)
Thursday: Dia de Thor
Friday: Dia de Freya
Saturday: Dia de Saturno (Cronus)

Em Latim:


Solis dies: Dia do sol
Lunae dies: Dia da lua
Martis dies: Dia de Marte (Ares)
Mercurii dies: Dia de Mercúrio (Hermes)
Iovis dies: Dia de Júpter (Zeus-Dión-Dia)
Veneris dies: Dia de Vênus (Afrodite)
Saturni dies: Dia de Saturno (Cronus)

Em Português:

Domingo: Dia de Dominus (Deus)
Lues: Lua
Martes: Marte
Mércores: Mercúrio
Joves: Jupter
Vernes: Vênus

Sábado: Sabbat

Em Português depois de Martinho Dume (século V), bispo de Braga (Portugal) que virou santo:

Domingo
Feria secunda ou secunda feria
Tertia feria
Quarta feria
Quinta feria
Sexta feria
Sábado

ATEU POETA

Fonte: Revista "Aventuras na História", edição 98/setembro-2011

SÍGNOS DO ZODÍACO

Cláudio Ptolomeu (Alexandria, 90-168) registrou 48 constelações em "Composição matemática" (volumes 7 e 8) inspirado em Eudóxio de Cnido (350 a.C.). Os árabes traduziram  e rebatizaram de "Almagesto".

Do século XVI ao XVIII astrônomos e cartógrafos adicionaram mais constelações às 48 de Ptolomeu, dentre eles exploradores do hemisfério sul.

Astrônomos:

Johannes Hevelius e Nicolas Lacaille (que batizou 14 constelações), dentre outros.

Cartógrafos:

Houtman, Keyser, Mercator e Plancious, dentre outros.

Navegadores:

Américo Vespúcio

Origem dos Signos:

Áries: Velocino (carneiro de ouro) e deus Ares.
Touro: Zeus metamorfo levou a princesa Europa (esposa de Minus) da Fenícia para Creta, cruzando o mar mediterrâneo e gerando com ela o Minotauro.
Gêmeos: Castor e Pólux (também é o nome das estrelas mais brilhantes dessa constelação)
Câncer: Caranguejo esmagado por Héracles na batalha contra a Hidra.
Leão: Leão da montanha (1° trabalho de Héracles).
Virgem: Têmis (deusa da justiça)
Libra: Balança de Têmis.
Escorpião: Órion (node de outra constelação) é morto por um escorpião.
Sargitário: Caçador Croto e centauros gregos.
Capricórnio: Deus Pã (pai de Croto), um bode com rabo de peixe que puala no rio a fugir de Tífon.
Aguário: Ganimedes, pastor raptado por Zeus para substituir Hebe (deusa da juventude no Olimpo, que servia o néctar).
Peixes: Eros e Afrodite pulam no rio Eufrates transformados em peixes a fugir de Tífon.

ATEU POETA

Fonte: Revista "Aventuras na História", edição 98/setembro-2011

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Cityville no Google+

A  Google e Zynga, firmaram uma parceria para o uso do game Cityville,sucesso no Facebook,no Google+. Cityville conta com mais de 70 milhões de usuários unicos no Facebook,que recebe cerca de 30% das rendas do jogo.Empresas afirmam que o Google+ é "mais amigável" nestes termos. Entretanto, o Facebook tem 800 milhões de usuários, enquanto a rede do Google tem cerca de 50 milhões.

Não é segredo que somos grandes fãs do Google+ aqui na Zynga", diz comunicado no blog da empresa sobre o lançamento de "Cityville" na rede social. "Cityville" é um game que permite que o usuário crie e administre uma cidade, recebendo a ajuda de amigos para a tarefa.

Charge

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Governo do Rio de Janeiro: Transporte e o descaso com a população


Texto: Joseclei Nunes (@JosecleiNunes)

  Uma tragédia anunciada: Bonde descarrila e mata 5 pessoas, agora 6 que faleceu na data de hoje. Esse acidente que houve em Santa Tereza, é apenas mais uma de tantos que acontecem dentro do Estado do Rio de Janeiro. Só que infelizmente agora teve óbitos.

     Qualquer que seja o motivo apontado pela perícia, é certo que o Estado do Rio de Janeiro, na pessoa de seu Governador Sérgio Cabral e, principalmente, na pessoa do Secretário de Transportes Júlio Lopes, omite-se de forma vil e dolosa há anos, tratando o sistema de bondes de Santa Teresa com descaso.

     Mais do que o abandono de um bem tombado, que, quando convém, tem a imagem utilizada para ilustrar interesses politiqueiros de divulgação da cidade, estamos diante de uma situação criminosa, na medida em que pessoas morrem ou sofrem lesões corporais de natureza grave, que certamente poderiam ser evitadas se o Governador e o Secretário cumprissem a decisão judicial que, há mais de 2 (dois) anos ordenou a recuperação integral do sistema de bondes, com a devolução dos 14 bondes tradicionais em perfeitas condições de operação.

  Mas os bondes são apenas, mas uma de muitas do governo Sergio Cabral, pois a população sofre diariamente com o descaso também nos trens, barcas e metrôs, que a cada dia, não se sabe se chegarão no horário em suas residências ou casas ou até mesmo não se sabe se chegará com vida.

  Primeiramente sempre digo contra essa quantidade exagerada de carros nas ruas, mas eles são o reflexo do descaso de décadas para com o transporte na Cidade Maravilhosa. Foco no Rio porque faz parte do meu cotidiano, mas é nítido que São Paulo e muitas capitais brasileiras sofrem do mesmo mal. Alguém acha mesmo que o sujeito prefere ficar duas horas no engarrafamento se tivesse um metrô abrangente, pontual e de boa qualidade? Ou se pudesse usar um trem limpo, pontual onde não levasse chibatadas de seguranças?

   Nos trens, o governo deu uma concessão de 20 anos a uma empresa privada, mas nada mudou desde aquela época onde havia surfistas de trem. Maioria das frotas dos trens são antigos, e muitos quase não tem reparo nenhum há tempos.

   Lembro em 2009, com a greve dos rodoviários, começamos a perceber o descaso com a população, onde os trens estavam superlotados, pois com a greve, a frota de trens eram bem menor, mas lembro  dos seguranças agredindo os passageiros como fossem apenas um gado, uma gentinha.


   Quando parece que é tudo mais problemas aparecem, em 2011, nos trens começaram aparecer problemas em cima de problemas, onde os trens da linha como Japeri e Saracuruna, que na parte da manhã, é superlotado, começaram a aparecer panes e paravam dentro dos trilhos no caminho de uma estação para outra e com isso, a nossa população, que sofre, desce do trens e vai andando nos trilhos para chegar na estação.

  Sem falar dos problemas em trens velhos, tiveram o disparato mais com a população, quando teve o show do Paul McCartney, com trens extras diretos para o Engenhão, todos de 8 vagões, com ar condicionado e de 20 e 20 minutos, sendo, um serviço especial para quem não anda de trem.

   Agora vem a grande questão, se foi possível fazer um "esquema especial" para atender a população para um show que acontece uma vez na vida, por que não manter o "esquema especial" para atender diariamente a população?

Isso demonstra que a solução existe, falta só a boa vontade.

  Adaptando a frase de Pero Vaz de Caminha: “Aqui é uma terra que, quando se quer, tudo é possível.”

  Apesar de atender muito mal o Povo do Rio de Janeiro, o governador Sérgio Cabral renovou o contrato de concessão da Supervia que, por curiosidade, é cliente do escritório de advocacia de sua ex-esposa, Srª. Drª. Adriana Ancelmo Cabral.

  Agora o governo anunciou a vinda de novos trens e que até o fim de 2012, eu acho, todos os trens serão com ar condicionado e os trens velhos, aquele que a população anda diariamente serão todos trocados. Agora é esperar e crer para ver.

  Rio de Janeiro. Copa em 2014, olimpíadas em 2016, novas obras para o transporte, mas apenas um bairro se beneficiará com isso. A Barra da Tijuca, mas será mesmo.

   Só quem anda de Metrô sabe. O governo está investindo em uma nova linha, onde liga de Ipanema até a Barra, com passagens na Gávea, por exemplo, mas enquanto o governo cria-se novas linhas, as outras passam com os mesmos problemas.

  Com metrôs superlotados, a população vive o seu dia-dia. Trens pequenos, sem ar condicionado e só aumentado o numero de passageiros, mas nada muda apenas a passagem.

  No Rio de Janeiro, o metro tem duas linhas, onde liga de Pavuna até Ipanema, em uma linha, vai de Ipanema até a Praça Seans Penã e outra ia de Estácio até Pavuna, mas devido aos problemas e o numero de pessoas, resolveram criaruma nova estação e ampliar a linha, onde ligaria de Pavuna até Botafogo, mas isso resolveu? Não.

  O problema do metrô é a lotação, onde eles não conseguem resolver, a cada dia, a população sofre, tem no seu dia-dia a dificuldade em entrar em um dos vagões do trem, e todo dia vai dentro dele sem poder se mover, podendo gerar muitos problemas de saúde para eles, mas o metro há anos, pelo menos vejo investimentos para resolver essa solução, pois mesmo criando novos horários, novas estações, não adianta se não aumentar os trens, as plataformas, talvez assim poderia ter uma solução.

  Mesmo com o descaso, a empresa que controla o metro, em toda sua história, nunca havia sofrido multa por esses descasos, sendo que levou a primeira multa esse ano, depois de mais ou menos 20 anos.

  Este problema é frequente também em São Paulo, que devido aos horários de pico, encontramos a superlotação, mesmo com o metrô funcionando em sua mais alta precisão, ainda não é suficiente em algumas estações como a Sé no sentido Itaquera! O que quero dizer é que, não importa a capital que seja descrita, todas elas possuem problemas referentes aos transportes! O que falta como já descrito no texto, é a vontade política de se resolver esta questão! Não podemos nos esquecer que, incrivelmente, mesmo com condições sub humanas de se utilizar o transporte público, no inicio do ano, tivemos aumentos referente a utilização do serviço, oq ue nos deixa aidan mais indignados com o que vivemos diariamente! O que nos resta é continuar a cobrar ações que tragam soluções permanentes aos cidadãos que passam suas manhãs e tardes em situações estressantes e cansativas, de pé em trens, metro eônibus, até mesmo preso em engarrafamentos! Merecemos respeito e lutaremos por ele!

  Todos os engenheiros de tráfego e especialistas em trânsito são unânimes: o metrô, para ser eficiente, tem de ter, no máximo, um intervalo de 2,30 minutos. O resultado deste hiato de mais de 5 minutos todo mundo conhece. Vagões cheios a qualquer hora do dia, independentemente dos horários de pico, momentos em que os vagões, aí, ficam abarrotados. E, ironicamente, o Metrô do Rio conseguiu piorar depois de privatizado. Nos anos 80, os intervalos eram abaixo de 2,30 minutos. Hoje, o intervalo mais que dobrou. Só que a população do Grande Rio e o número de usuários do sistema de transporte também dobrou.

  Os trens, nem se fala. Quando o Engenhão foi idealizado ressaltaram sua praticidade pelo fato de a estação do Engenho de Dentro praticamente desembocar na porta do estádio. Pois bem, pegar o trem após uma partida com cerca de 20 mil presentes (que é menos da metade da capacidade do local) é uma aventura. Filas intermináveis, engarrafamento de gente nas passarelas e escadas de acesso à estação, confusão. Isso sem contar os vagões podres e abafados, os generosos e perigosos vãos entre a plataforma e o veículo e os enguiços freqüentes na linha férrea.

  E a autoridade pública o que faz se trata a pão de ló as concessionárias que os administram. Com todo o péssimo serviço e o achincalhe ao usuário, não se vê qualquer repressão por parte do Estado às concessionárias. Pelo contrário: as concessões do Metrô Rio, da SuperVia e das Barcas SA foram prorrogadas por mais de 25 anos cada. Para o governador, prefeito, deputados e vereadores tudo corre bem a bordo de seus confortáveis carros, helicópteros e jatinhos. Jamais devem ter pisado em um trem, metrô ou barca.

  Agora, se a população se revolta, logo uma figura da esfera pública se apressa em taxar as pessoas como vândalas. Esquecem do genial Bertolt Brecht: “Falam das águas violentas de um rio, mas se esquecem das margens que a oprimem.” E, assim, nos tornamos cariocas, brasileiros. Atrás do próximo bloco carnavalesco, com o samba atravessado em um vagão ou correndo atrás de um ônibus.

  Agora com o acidente do bondinho em Santa Tereza, vamos ver se agora a questão do transporte possa ser lembrada pelos nossos governantes, pois nesse acidente, vidas foram perdidas, por causa desse descaso, mas espero não ver daqui em diante, novos acidentes, com ou sem óbitos, em bondinhos, Trens, Metrôs e Barcas, pois a população merece respeito e não querem ser tratados como cachorros.

CULTA DITADURA


A cultura é uma ditadura imposta

Lavagem-cerebral de tenra idade

Tensa é a mocidade por quebrar padrões

Um grilo rouco vencerá os loucos, Pinóquios e outras pedras?

Pular de pára-quedas é mais mortal do que parece

Será o lobo mau?

Ou maldade é a destreza de adestrá-lo?


Mito, mito, mito

Mil marchas sem brasões

Grito, grito, grito

Penúrias e aflições


Muitas posam de Chapeuzinho

Vermelho é a cor da estação

Temporada de caça aberta

Abra bem seu coração

E os olhos mais ainda

O falso amigo trai

Arquiteta sua queda


Mito, mito, mito

Mil marchas sem brasões

Grito, grito, grito

Penúrias e aflições


Aleije a mão do caçador

Estraçalhe o adestrador

Rebata choque com trovão

A audição do inimigo não é pára-raios

Seja relâmpago paralelo

Encandeie quem tenta lhe apagar

Faça da razão um elo


Mito, mito, mito

Mil marchas sem brasões

Grito, grito, grito

Penúrias e aflições


ATEU POETA

PACOTI-Ceará

1h e 12 min

19/09/2011

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Marcha pelo Estado Laico

A Marcha pelo Estado laico em Curitiba acontecerá neste sábado, dia 17 de setembro, e a concentração ocorrerá às 13h na Praça Eufrásio Correia. A Aliança Estudantil Secularista - UFPR é uma das organizadoras do evento!



...o que significa ser laico?

Significa, genericamente, que o Estado não assume nenhuma posição frente às religiões, ou seja, diferentemente de Estados como Afeganistão, Arábia Saudita e muitos outros do Oriente Médio, o nosso país não se intitula, por si só, como um país católico, ou evangélico, ou muçulmano.

...mas então, o Brasil já não é laico?

Sim, a Constituição Federal de 1988 determina que o Brasil é um estado laico, portanto, como foi dito anteriormente, não se posiciona (teoricamente) frente a nenhuma religião "oficial".



...mas se ele já é laico, então qual a finalidade dessa Marcha?

O Brasil é um país laico, tá na CF 88. Bem como a Constituição determina que é proibido matar, roubar, estuprar ou outras coisas, isso não garante que de fato não ocorram. O mesmo se dá com a laicidade do estado. Exemplos corriqueiros podem ser vistos por várias partes: escolas públicas com ensino religioso (obrigatório!), crucifixos e outros símbolos em repartições públicas, a visita do Papa sendo bancada pelo Estado, "Deus seja louvado" nas notas do Real e inúmeros outros exemplos de quebra da laicidade.

...mas qual o problema? Eu acho que essas coisas interfiram em nada!

Pois elas interferem. No caso das visitas papais, por exemplo, interferem no seu bolso! O Papa teve visitas financiadas pelo Estado, com gastos de mais de 1 milhão de reais saídos dos cofres públicos, com direito à site na internet fazendo propaganda com o slogan "Governo de São Paulo investe e apóia a visita do Papa". E o pior é que, na ocasião, o Papa não veio ao Brasil na condição de "chefe de Estado", não passando, por exemplo, nem em revista às tropas. O Papa veio como líder religioso, com a missão de professar a sua fé católica. Por mais que a maioria da população seja católica, não se deve confundir interesse público com interesse da maioria. Citando o juiz gaúcho Roberto Arriada Lorea, que pronunciou-se sobre o assunto, "o Estado tem o dever de assegurar a liberdade religiosa, o que não se confunde com fomentar religiosidade ou com apoiar alguma igreja em particular".

...ainda assim, penso que há coisas mais importantes para se lutar, como contra a violência, educação...

Todas as lutas em prol do bem-estar coletivo são válidas. Mas igualmente cada luta específica merece o devido tratamento. Assim como não devemos aceitar nenhum tipo de injustiças sociais como o descaso público com a saúde, a educação, a segurança, as rodovias, etc., também não devemos aceitar atos públicos contra a laicidade do Estado.

... mas é impossível que o Estado não sofra nenhuma influência religiosa!

Primeiramente devemos diferenciar a influência religiosa da interferência religiosa. A influência pode se dar de diversas maneiras, está diluída nos costumes, na cultura de uma determinada população. Já a interferência religiosa acontece de maneira explícita, como em um caso recente, onde o juiz Jerônymo Pedro Villas Boas, contrariando a decisão do STF, não concedeu o pedido de união estável homoafetiva, alegando ter "agido por deus". O Juiz possui suas convicções, advindas de influências religiosas, são idiossincrasias dele. No entanto ter negado o pedido de união estável homoafetiva foi a materialização da interferência religiosa, em um caso que independia de suas convicções pessoais. São exemplos desse tipo que não podem acontecer. Devemos marchar para que seja assegurado que agentes que representam o interesse público observem os princípios do Estado laico quando forem agir.

Uma mentira que valeu US$ 17 mil em doações




Uma mentira que valeu US$ 17 mil em doações

A americana ANGIE GOMEZ, estudante de 18 anos, arrecadou US$ 17 mil em doações, em Horizon City. Ela fez todas as pessoas acreditarem que sofria de um câncer e que estaria com os dias contados. A historia comoveu a todos e fizeram uma mobilização em prol dela, fundos foram arrecadados e a estudante chegou até a ser convidada a falar com estudantes em outras escolas. Ninguém desconfiava da farsa, mesmo a garota tendo ido aos eventos desacompanhada dos pais alegando que não se dava com eles. Mas suspeitas foram aparecendo e a polícia resolveu falar com a mãe da garota e descobriu a farsa.

ANGIE GOMEZ está sendo acusada de roubo.

Fonte:http://oglobo.globo.com/blogs/pagenotfound/posts/2011/09/15/americana-de-18-anos-finge-ter-cancer-arrecada-us-17-mil-em-doacoes-405646.asp

O Pensador

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Facebook vs Orkut


O IBOPE confirmou seus números. O orkut deixou de ser o preferido do brasileiro, e a rede social 'Facebook', de Mark Zuckerberg, mostrou o seu crescimento para o público.
Segundo a pesquisa, o Facebook obteve cerca de 30,9 milhões de usuários,contra 29 milhões de perfis do Orkut.Na mesma pesquisa foi revelado que o Twitter, até o final de agosto,já contava com cerca de 14 milhões de usuários unicos.
Foi constado também que os usuários chegam a ficar,em média, até mais de 7 horas. E no final do mês passado cerca 45 milhões estavam conectados ao mesmo tempo.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL DENUNCIA EDIR MACÊDO POR LAVAGEM DE DINHEIRO


Ministério Público Federal denuncia Edir Macêdo e mais três, dentre eles um ex-deputado de lavagem de dinheiro do Brasil para os Estados Unidos.

ATEU POETA


http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5344286-EI5030,00-MPF+acusa+bispo+Edir+Macedo+e+mais+por+lavagem+dinheiro.html

MORRE O ATOR GALÊS ANDY WHITFIELD


O ator de 39 anos morreu neste domingo por causa de um linfoma não-Hodgkin tipo B.

ATEU POETA
12/09/2011

Conan - O Bárbaro



Arnold Schwarzenegger

Jason Momoa

Personagens que ganhou notoriedade com a atuação de Arnold Schwarzenegger, agora ganhará mais um versão enterpretada por Jason Momoa. O filme contará a história de um cimério, Conan, em busca de vingança pela morte de seus pais e destruição de seu aldeia. A estreia do filme "Conan - O Bárbaro" está prevista para 16 de setembro no Brasil.





O Pensador

Investigando a Bulimia a partir da Psicologia Comportamental



Autor: Thiago Rodrigues da Rocha.



Dentre a grande gama de transtornos alimentares, a Bulimia destaca-se como um dos que mais provocam sofrimento no indivíduo. É mais frequente em mulheres e caracteriza-se, basicamente, por Episódios de Compulsão Alimentar acompanhados de Vômito Auto-induzido, situação que provoca grande vergonha, o que leva a pessoa a esconder-se durante o Episódio de Compulsão Alimentar. Mas quais seriam as contingências ambientais que provocariam tal inadequação comportamental? Muitas hipóteses válidas podem ser levantadas. Tendo como base a análise funcional do comportamento, pode-se inferir a seguinte contingência desencadeadora:
Análise funcional da bulimia
Mídia e preconceitos sociais, cobranças da família: Apresenta estimulação discriminativa (apresenta a obesidade como condição aversiva e o corpo magro como “corpo ideal” sendo ele o reforçador secundário).
Alimento: Reforçador primário. (reforço geneticamente determinado: comida, água, sexo e afeto).
Corpo ideal: Reforçador secundário. (reforçador aprendido: dinheiro, status, estética, prestígio etc).
Obesidade: Condição aversiva (toda condição que ao ser evitada reforça o comportamento que a evitou).
Críticas sociais ao comer compulsivo/vergonha: condição aversiva (nesse caso, reforçando negativamente o comportamento de comer escondido).
Episódios de compulsão alimentar: Comportamento reforçado positivamente.
Vômito auto-induzido e outros mecanismos compensatórios: Comportamento de fuga (reforçado negativamente).
Preocupações com o corpo: Comportamento esquiva (reforçado negativamente).
            Para se realizar uma análise funcional do comportamento, é necessário que se investigue objetivamente a contingência da qual este comportamento é função. Isso se dá averiguando a condição antecedente, o comportamento emitido pelo sujeito, a consequência do comportamento no ambiente e a alteração da frequência deste comportamento em situações semelhantes no futuro.
            No caso da bulimia, inferi-se que dentro da categoria “condição antecedente” estejam vários condicionantes sociais, tais como a mídia, os preconceitos ao obesos e, com uma certa frequência, as cobranças dos pais. A mídia elege a magreza como o ideal de beleza, colocando a obesidade como a condição a ser evitada, os preconceitos aos obesos também contribuem para este comportamento esquiva. É importante expor que os comportamentos esquivas são geralmente acompanhados por reações psicofisiológicas como a Ansiedade.
            Ao colocar a beleza como sinônimo de magreza, a magreza se estabelece como reforçador secundário e a obesidade como condição aversiva, sendo assim, todo e qualquer comportamento que evite a obesidade terá sua frequência ampliada no repertório comportamental do sujeito, também serão mais frequentes os comportamentos que propiciam magreza.
            O alimento é um reforçador primário e obviamente estará reforçando o comportamento de comer, aqui surge um conflito: comportamento de comer versus comportamentos esquivas com relação à obesidade e comportamentos reforçados pelo ideal de beleza (magreza). Deste conflito resulta outro comportamento esquiva: o vômito auto-induzido, comportamento de fuga que evita a obesidade sem que o comportamento de comer deixe de ser reforçado. Desta forma tanto o comportamento reforçado positivamente (comer), quanto o comportamento esquiva (auto-indução de vômito) terão sua frequência ampliada no repertório comportamental do sujeito. Com o tempo tais comportamentos estarão tão fortes que já estarão representando um transtorno. Esta seria a equação da bulimia sob uma perspectiva puramente behaviorista.  
Como se dá o tratamento?
            Um dos métodos comportamentais mais utilizados é o ensino de técnicas de autocontrole e de relaxamento, para diminuir assim a ansiedade do paciente. Como tarefa para casa, o paciente deverá se expor gradativamente à situações que normalmente desencadeiam um Episódio de Compulsão Alimentar, e ao fazer isso deverá utilizar as técnicas de relaxamento e autocontrole para dessensibilizar a ansiedade que resulta na compulsão. Com o tempo o paciente conseguirá se expor a estímulos desencadeadores mais poderosos sem se sentir ansioso. O transtorno que antes foi aprendido, agora já entra em processo de extinção, em outras palavras o sujeito passa a “desaprender” o transtorno.
            Após ter-se verificado uma significativa recuperação comportamental do indivíduo, inicia-se a restauração cognitiva, onde paciente e terapeuta analisarão as hipóteses disfuncionais e crenças irracionais construídas pelo paciente a respeito de seu transtorno, visando a manutenção e o fortalecimento das mudanças comportamentais. 

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

ATÉ NANDO
















Até Nando é hostilizado
Por não comer da hóstia vil
Saber que vinho não é sangue
Salve, salve! Meu Brasil de livre arbítrio

Hipocrisia do Estado Laico
Religiosos pregam Inferno aos bons
Fazem o Paraíso fiscal dos maus

Até Nando! Até quando?
Atos torpes da mais profunda ignorância
Intolerância contra quem canta sua verdade

Atores do século XXI
Queriam estar na Idade Média
A Idade das Trevas acabou
Mas as bestas andam soltas pelo mundo

ATEU POETA
Pacoti-Ceará
09/09/2011
18h E 34 min

NANDO REIS SOFRE INTOLERÂNCIA POR SER ATEU


O cantor Nando Reis disse ser ateu em uma entrevista e vem sofrendo intolerância na internet desde então.

Até parece que não estamos em um Estado Laico.

ATEU POETA


Nos EUA, mulher é presa por não fazer e-mail para o filho



Nos EUA , a professora Catherine Keske,40 anos, foi presa por não cumprir o acordo de custodia de seus filhos. Segundo o acordo a professora teria de dar um celular e criar um e-mail para o filho de 10 anos, para que o pai pudesse se comunicar com ele livremente. Como não cumpriu, foi presa por 36h.


fonte:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2011/09/professora-universitaria-e-presa-por-nao-criar-e-mail-para-o-filho-de-10-anos.html



O Pensador

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

MENINA DE 10 ANOS SE MATA PARA RECRIAR MILAGRE NO MÉXICO


Uma garota de 10 anos quis refazer milagre da Virgem de Guadalupe que vira em uma novela chamada "A Rosa de Guadalupe". Nesta novela uma garota se mata para juntar os pais e é ressuscitada pela santa. 

Por seus pais estarem separados, Itzel Murillo Elvira Lobato se matou como a menina da novela que assistia para fazer o mesmo. 

ATEU POETA


http://ateusdobrasil.com.br/p/36069/


http://www.paulopes.com.br/2011/08/no-mexico-menina-se-mata-por-achar-que.html