Pesquisar neste blog

Origem das Visitas

AROLDO FILHO

https://www.facebook.com/DelfosJornal GRUPO AROLDO FILHO NO FACEBOOK

domingo, 29 de abril de 2012

Os sem terra e o pensamente de Paulo Freire

No tocante do que Freire estaria pensando foi a corrente que a Prostituta tentou idealizar na camada social na década de 60 após o idealismo do comunismo social... Passou a idealizar a forma do Social das suas bases porque já estava perdendo terreno. Este social inicia-se com a teorizaçao de Leonardo Boff... Que faz a corrente progressista voltar-se para o social.... Hoje existem duas ou mais correntes que a Prostituta segue para fazer a mesma fórmula dos 3 pilares. Uma de tantas outras sao os conservadores que tentam dividir cada vez mais suas teorias... O bento tenta dividir ainda mais com as teorias de Agostinho e velhas amarras dos séculos de atraso da Prostituta..... Tirando os ritos Tridentinos para o centro das atenções e retirando os Paulinos.... que foi uma tentativa de reformulaçao do modo de entender dos Yluminados......

sábado, 28 de abril de 2012


Dinastia Rothschild, A - A Trajetória da Grande Família de Banqueiros ao Longo de dois Séculos
Famoso no mundo todo, o nome
"Rothschild" é sinônimo de riqueza, influência e poder. No entanto,
poucos conhecem as origens desta que é uma das famílias de negociantes
mais célebres do planeta e tampouco sabem as vicissitudes pelas quais
seus membros passaram até se tornarem influentes e poderosos.


Da Judengasse, o gueto judeu de Frankfurt em meados do século XVIII,
onde nasceu Mayer Amschel, aos grandes centros financeiros da Europa às
vésperas do século XXI, para onde os descendentes do patriarca
estenderam seus domínios, Herbert R. Lottman relata o fascinante passado
desta dinastia, que se confunde com os principais lances da história
europeia nos dois últimos séculos.    
profeta gentileza - estes sao uma cambada de ladroes que formaram riqueza e guerras como as ditaduras Latino americanas em troco de dinheiro sujo
4 minutos atrás 
profeta gentileza - A crise monetária é uma farsa para lavar o dinheiros desses ladrãos
4 minutos atrás 
profeta gentileza - sao ladrões que se infiltraram no novo mundo vendendo papéis podres.... e esses papéis podres estão gerando a fictícia crise monetária internacional
eles expandiram os negócios e vendiam os papéis podres. em 3 regiões nos EUA, Suíça e outro lugar que nao lembro......tentam dominar hoje com a falsa crise....Existe uma ação na Justiça Internacional cobrando
indenizações inclusive de africanos que foram torturados por essa família.....eles financiaram guerras para vender os papéis podres....
segundos atrás 

O que se espera da Prostituta em 2013?? Qual o compromisso com o Governo Laico??


Dilma é refém das chantagens de religiosos, diz sociólogo


O governo da presidente Dilma Rousseff se tornou refém das chantagens das lideranças religiosas mais conservadoras e, em vez de resistir, deixa-se enredar cada vez mais. Essa é a avaliação de Pedro Ribeiro de Oliveira (na foto abaixo), doutor em sociologia pela Université Catholique de Louvain, da Bélgica, e professor em ciências da religião da PUC-Minas. 

Tal inferência no Estado laico, segundo ele, se deve à desistência dos partidos de proporem alternativas de políticas públicas, aceitando, em troca, cargos e benesses do governo. Os partidos, assim, abriram um vazio que agora está sendo ocupado pelas denominações religiosas, disse o sociólogo. 

Oliveira afirmou que, desde o primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva, "a política foi reduzida à disputa por cargos no governo e ao processo eleitoral". Com exceção de alguns momentos, "não se debatem mais as políticas do governo e do Estado".

Em entrevista ao site IHU-Online, o sociólogo afirmou que a única forma de resistir aos chantagistas, nesse caso, é obrigando-os a discutir as suas propostas em público, o que o governo não tem feito. "Na ausência de um debate, a posição de pastores e bispos emerge como a única."

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2012/03/dilma-e-refem-das-chantagens-de.html#ixzz1tLZAabQT
Reprodução deste texto só poderá ser feita com o crédito e link da origem. 

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Múleos???

 Sapatos papais vermelhos, em couro: manufacturados pelo sapateiro papal Adriano Stefanelli, estabelecido em Novara, usados por S. S. o Papa Bento XVI - Colecção Philippi


Genro ainda continua sendo fora da Lei fazendo acordo com o MP...Contrariando o STF.....


Acordo não garante o piso e fere plano de carreira. Tarso segue fora da lei
Basta a leitura do acordo firmado pelo Governo do Estado com o Ministério Público para se concluir que o governo Tarso, além de não cumprir a lei do piso, ataca o plano de carreira do magistério.

O acordo segue a mesma lógica da proposta apresentada pela ex-governadora Yeda Crusius e rejeitada pela categoria, uma vez que as vantagens, classes e níveis continuarão sendo calculados sobre o atual básico.

Segundo a assessoria jurídica do CPERS/Sindicato, o Estado e o MP estão legislando ao criarem, através de um completivo, vantagem ou modalidade de remuneração. Com isso, usurpam competência do Legislativo.
O acordo é uma forma de desobediência à sentença julgada pela Justiça estadual e também descumpre decisão do Supremo Tribunal Federal, que definiu o valor do piso como vencimento básico da carreira.

CPERS/Sindicato

EXMO. SR. JUIZ DE DIREITO DA 2ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA

Processo nº 111024633079

O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio do Procurador-Geral do Estado e dos demais Procuradores do Estado que assinam a presente, e o MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, representado pela Promotora de Justiça firmatária, vêm, respeitosamente, perante Vossa Excelência, apresentar ACORDO PARCIAL nos autos da Ação Civil Pública em que são partes – processo nº 111024633079 -, nos seguintes termos:
Trata-se de acordo parcial e temporário nos autos da ação civil pública, significando que o processo prosseguirá normalmente na sua tramitação, bem como que as partes não abrem mão, desistem, renunciam ou transigem com suas teses e/ou pretensões jurídicas.
Acordam as partes que o Estado do Rio Grande do Sul pagará uma parcela completiva ao vencimento básico, calculada com base na diferença entre o valor do vencimento básico de cada professor, atualmente fixado em lei estadual, e o valor definido como piso nacional do magistério previsto no art. 2º da Lei nº 11.738/2008.
A parcela completiva somente beneficiará aos professores que percebam vencimento básico individual inferior ao valor do piso nacional atualmente fixado pelo Ministério da Educação, cujo valor, na presente data, é de R$ 1.451,00 (um mil e quatrocentos e cinquenta e um reais), observada a proporcionalidade quanto às cargas horárias inferiores ao regime de 40h semanais.
O valor pago a título de parcela completiva não servirá como base de cálculo de vantagens temporais, gratificações e demais vantagens que incidam sobre o vencimento básico da carreira e, da mesma forma, não repercutirá no escalonamento de classes e níveis previsto nos arts. 61 e 62 da Lei Estadual nº 6.672/74.
O presente acordo abarca também os servidores inativos, com exceção daqueles que não estão beneficiados pelo regime constitucional da paridade.
As partes se dispõem a examinar a extensão do presente acordo aos pensionistas no prazo máximo de sessenta (60) dias a contar de 01-05-2012. 
O pagamento da parcela completiva retroage integralmente ao mês de abril de 2012 e será pago em folha de pagamento complementar no dia 15 (quinze) de maio de 2012.
Este acordo vigorará enquanto mantida a sentença proferida na presente ação civil pública, ressalvando-se eventuais efeitos decorrentes de decisões ulteriores do Supremo Tribunal Federal.
Ante o exposto, os peticionários REQUEREM que Vossa Excelência homologue este acordo, de modo a que surta seus efeitos, bem como que, depois da homologação, o processo tenha normal prosseguimento, com exame e decisão dos recursos eventualmente interpostos.
Nesses termos,
P. deferimento.
Porto Alegre, 24 de abril de 2012

CARLOS HENRIQUE KAIPPER
Procurador-Geral do Estado
SYNARA JACQUES BUTTELLI
Promotora de Justiça


quarta-feira, 25 de abril de 2012

Para onde vai o dinheiro da Energia Elétrica??


Manifestação na internet pede ressarcimento de valores cobrados a mais na conta de luz

- A Frente de Defesa dos Consumidores de Energia Elétrica vai promover hoje (24) uma manifestação pelas redes sociais Twitter e Facebook para mobilizar os consumidores pelo ressarcimento dos valores cobrados a mais pelas distribuidoras por causa de erros no cálculo de reajustes das tarifas de energia. O “tuitaço” faz parte da campanha “TCU: o erro não foi nosso. Devolução já!” e tem o objetivo de reunir o maior número de assinaturas na petição que será enviada aos ministros do Tribunal de Contas da União (TCU).
O TCU deverá decidir em breve sobre o ressarcimento de cerca de R$ 7 bilhões cobrados indevidamente dos consumidores de todo o Brasil entre  2002 e 2009, por causa de um erro no cálculo do reajuste das tarifas de energia elétrica, que não incluía o ganho de receita gerado pelo crescimento de mercado na definição do valor. O erro na metodologia resultou em mudança nos contratos das 63 distribuidoras do país com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no ano passado.
A Frente de Defesa dos Consumidores de Energia Elétrica é uma iniciativa conjunta da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), da Fundação Procon-SP e do Proteste.
Fonte: Agência Brasil

Apeando a Galope do Pingo...kkkkkk


Ex-assessor jurídico declara que Mário Meira está na iminência de perder o cargo

O prefeito Mário Meira está na iminência de perder o cargo, em virtude de processo que tramita no Tribunal Superior Eleitoral que avalia denúncias de irregularidades nas prestações de contas da coligação PP/PSDB e dos candidatos a Prefeito e Vice-Prefeito Vicente Diel e Mário Meira, em São Luiz Gonzaga, nas eleições municipais de 2008.
A informação é do ex-Assessor Jurídico da Prefeitura, Cláudio Cavalheiro, difundida quarta-feira, 25, pelos meios de comunicação desta cidade.
O ex-prefeito Vicente Diel e o seu sucessor, Mário Meira, foram vitoriosos no julgamento desse processo pelo juiz titular da 52ª Zona Eleitoral com sede em São Luiz Gonzaga e no Tribunal Regional Eleitoral. Todavia, o Ministério Público Eleitoral, inconformado com essas decisões,  ingressou com Agravo de Instrumento perante o Tribunal Superior Eleitoral, acolhido pela ministra  Fátima Nancy Andrighi, determinando que o Recurso Especial também promovido  pelo Ministério Público Eleitoral,  fosse julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral.
Para Cláudio Cavalheiro, a relatora do processo, ministra Fátima  Nancy  Andrighi,  já formulou entendimento pela desaprovação das contas da coligação PP/PSDB nas eleições municipais de 2008 em São Luiz Gonzaga, pois caso contrário, ela não teria dado provimento ao agravo. Isso ocorrendo, os eleitos Vicente Diel e Mário Meira perderão seus mandatos e a inegibilidade por oito anos.
Este processo, segundo Cavalheiro, deverá ser julgado de forma definitiva no mês de maio.
Como Vicente Diel perdeu recentemente o seu mandato, por condenação em outro processo, o então vice-prefeito Mário Meira está no exercício do cargo. No caso de vir a ser cassado, assume o cargo de Prefeito o presidente da Câmara, vereador Mário Trindade (PMDB), com a missão de convocar eleição indireta no prazo de 30 dias, para indicação do cidadão que deverá completar o atual mandato, que encerra dia 31 de dezembro de 2012. Nessa eleição indireta, o Colégio Eleitoral é formado pelos nove vereadores deste Município.


terça-feira, 24 de abril de 2012

67 anos do CPERS e Tarso Genro o Fora da Lei.....


CPERS publica anúncio para lembrar seus 67 anos de luta

A direção do CPERS/Sindicato publicou na edição de sábado passado, dia 21, do jornal Correio do Povo, de Porto Alegre, um apedido para lembrar a passagem dos 67 anos da entidade. No anúncio, o sindicato reforça a sua luta por valorização profissional e por uma educação pública de qualidade.

A direção aproveitou o anúncio para convocar a categoria para a assembleia geral marcada para o dia 4 de maio, às 14 horas, no Gigantinho, na capital gaúcha.

Também no dia 4 de maio, a categoria participa de um ato público unificado com outras categorias de servidores. A concentração dos educadores será em frente à sede central da entidade, na avenida Alberto Bins, 480, às 9 horas. Uma caminhada será realizada até o Palácio Piratini, local da manifestação unificada.

João dos Santos e Silva, assessor de imprensa do CPERS/Sindicato

segunda-feira, 23 de abril de 2012

VERSO VIVO



O temido verso da procela
Invade a alma, se agiganta
Sobe com fúria à garganta
E o meu corpo inteiro gela.

Velha sensação tão conhecida
Às vésperas já senti no peito a lança
Do hemisfério fúnebre das lembranças
Voltando aos poucos esvaecidas.

Torrão amargo, sinto-lhe o gosto
E na boca o bolo cresce
Insuportável e logo desce
Junto co'a taça do desgosto.

Veneno sutil, ineficaz
Erva importada de aromáticos brotos
De um mundo insólito, ignoto
Finge que é bom, mas bem não traz.

Verso terrível, verso da procela
Vivo! E o meu peito já quase morto
Respira ainda cheirando o mosto
Que a minha alma tanto anela.

Verso cruel dos mais sutis
Sempre a cavar notáveis poços
Até encontrar meus frios ossos
De frio tremendo. E ainda ris!?


Te imagino ainda tão formidável
As tuas linhas, o teu esboço
Adorno rico para o meu pescoço
Mas aperta à forca, inexorável.

Janete Roen



domingo, 22 de abril de 2012

A DAMA MISTERIOSA




A DAMA MISTERIOSA

Morte! Dama envolta em mistérios
Te temem, te evitam, te esconjuram
e de ti falam aos sussurros nos cemitérios
dando adeus aos que partem...e bajulam.

Morte! És no entanto tão natural.
A mais translúcida das verdades
democrática que sois, por sinal,
sorris a todos, sem cor ou idade.

Morte! És por vezes até desejada
nos desvãos dos caminhos sofridos
por quem da vida já não quer mais nada
somente a paz e o silêncio dos sentidos.

Morte! Quando chegas no melhor da festa
levando a criança, o jovem, a esperança
entre pranto e ais dos que ficam emprestas
a real dimensão de que a vida só avança...

Morte! Embora eu goste da vida e seus sabores
não vejo em ti o mal de tão ancestral memória.
Como no conto de fadas, e também nos amores
tu és tão somente o previsível fim de uma história...

Marisa Schmidt

Sem coração



Sem coração

Há quem diga
que ateus
são demônios
sem coração

o fazem tal se amor
fosse monopólio
de um deus
ou da religião

há quem pense
que heresia
é rumo da ovelha negra
ou da alma perdida
sem salvação

e obedece as regras
para a falta de vida
que brota onde falta razão.

Wasil Sacharuk

www.wasilsacharuk.com

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Entenda se Puder...kkkkkkk(animos no STF)....


Julgamento20/04/2012 | 21h40

Ministro do STF recusa prova nova de réu do mensalão

Documento foi apresentado pelo advogado Rogério Tolentino

O ministro Joaquim Barbosa, relator do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta sexta o pedido de exame de uma "prova nova" apresentada pelo advogado Rogério Tolentino, um dos 38 réus da ação. Desde o mês passado, o pedido estava nas mãos de Ricardo Lewandowski, revisor do processo, que o enviou a Joaquim Barbosa na última quarta-feira.

O advogado de Tolentino, Paulo Sérgio Abreu e Silva, afirmou nesta sexta que, apesar de não conhecer o teor da decisão do relator, vai recorrer dela ao plenário no início da próxima semana. Uma decisão final sobre esse pedido pode levar a um atraso no julgamento, no momento em que os ministros do Supremo preparam seus votos. 

— Como vai julgar, se a prova não acabou? — questiona Abreu e Silva, dizendo que há pelo menos outros dois recursos de advogados de réus pendentes de apreciação do plenário. 

Com a "prova nova", Tolentino, ex-advogado das empresas de publicidade de Marcos Valério, pretende ser absolvido da acusação de formação de quadrilha. O advogado sustenta que jamais participou de uma reunião com Valério e outros réus em que, segundo a Procuradoria-Geral da República, foram destruídos e falsificados documentos da contabilidade para acobertar crimes supostamente cometidos por uma das empresas do grupo. 

Para provar o que diz, Tolentino apresentou ao STF uma sentença de fevereiro da Justiça Federal mineira na qual não há qualquer menção à participação dele ao encontro, ocorrido logo após o estouro do escândalo, em 2005. No documento, o defensor de Tolentino classificou de "fantasia mental" a acusação feita pelo ex-procurador-geral da República Antonio Fernando Souza, autor da denúncia do mensalão. 

Tolentino quer que o relator encaminhe o pedido ao atual procurador-geral, Roberto Gurgel, para que ele tome ciência da sentença e tenha direito à "ampla defesa". Tolentino ainda é réu no processo por lavagem de dinheiro e corrupção ativa. Lewandowski devolveu a ação para Joaquim Barbosa um dia antes de ele renunciar ao cargo de ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para ter mais tempo para se dedicar à análise do caso. 

Assim que tomou a decisão, Barbosa devolveu o processo para o colega. Ministros do STF pressionam Lewandowski para liberar a ação o quanto antes. Cabe ao revisor analisar todos os atos da instrução processual e informar ao presidente do Supremo, Carlos Ayres Britto, que a ação está pronta para ser apreciada em plenário. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo publicada ontem, Lewandowski disse que entrega seu voto até o fim deste semestre, o que possibilitaria o julgamento da ação no início de agosto, antes da aposentadoria do ex-presidente Cezar Peluso.
AGÊNCIA ESTADO

Carmen Lúcia e a Transparência do Judiciário.......


Transparência do Judiciário é imprescindível, diz Cármen Lúcia

– 19 DE ABRIL DE 2012POSTADO EM: GERAL
A nova presidente Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia, disse na noite desta quarta-feira (18) que a transparência do Judiciário é imprescindível. Em março, o STF decidiu manter os poderes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de investigar e processar juízes.
“Eu acho que a exposição (…) de toda sorte serviu para alertar o Poder Judiciário de que a transparência é imprescindível e precisa ser realizada. Quanto mais abertas forem as instituições, mais democrática é a sociedade”, disse em entrevista à Globo News, Cármen Lúcia, a primeira mulher no comando das eleições no país.
A ministra do STF tomou posse como presidente do TSE nesta quarta, durante solenidade na sede do tribunal, em Brasília. A cerimônia contou com a presença da presidente Dilma Rousseff, de ministros, governadores, parlamentares e autoridades. Atualmente, o TSE conta com quatro ministras – além da presidente, Nancy Andrighi, Laurita Vaz e Luciana Lóssio.
Defensora da aplicação da Lei da Ficha Limpa, Cármen Lúcia afirmou à Globo News que cabe ao cidadão fazer valer a lei que barra a candidatura de políticos condenados por órgãos colegiados. “Isto é uma grande mudança, essa lei veio da sociedade, e essa mudança realmente se implementa com a ação do cidadão no voto”.
A nova presidente Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia, disse na noite desta quarta-feira (18) que a transparência do Judiciário é imprescindível. Em março, o STF decidiu manter os poderes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de investigar e processar juízes.“Eu acho que a exposição (…) de toda sorte serviu para alertar o Poder Judiciário de que a transparência é imprescindível e precisa ser realizada. Quanto mais abertas forem as instituições, mais democrática é a sociedade”, disse em entrevista à Globo News, Cármen Lúcia, a primeira mulher no comando das eleições no país.A ministra do STF tomou posse como presidente do TSE nesta quarta, durante solenidade na sede do tribunal, em Brasília. A cerimônia contou com a presença da presidente Dilma Rousseff, de ministros, governadores, parlamentares e autoridades. Atualmente, o TSE conta com quatro ministras – além da presidente, Nancy Andrighi, Laurita Vaz e Luciana Lóssio.Defensora da aplicação da Lei da Ficha Limpa, Cármen Lúcia afirmou à Globo News que cabe ao cidadão fazer valer a lei que barra a candidatura de políticos condenados por órgãos colegiados. “Isto é uma grande mudança, essa lei veio da sociedade, e essa mudança realmente se implementa com a ação do cidadão no voto”.
fonte G1

Quando um Prefeito deve Apear do Cargo.....

Fonte:   http://guiasaoluiz.net/2012/04/tj-nao-concede-liminar-e-vicente-diel-continua-afastado/

TJ não concede liminar e Vicente Diel continua afastado

– 19 DE ABRIL DE 2012POSTADO EM: LOCAISPOLÍCIAPOLÍTICA
A 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, na pessoa do Desembargador Eduardo Uhlein, negou o pedido de liminar impetrado no dia de ontem (18), na tentativa de devolver a Vicente Diel o cargo de prefeito de São Luiz Gonzaga. O teor do despacho foi o seguinte: “Indefiro, portanto, a liminar. Oficie-se ao magistrado impetrante. Comunicando-o da presente impetração e solicitando as informações que entender pertinentes. Após, ao MP. Intimem-se”
A defesa de Vicente já havia tido negado um pedido na Comarca de São Luiz Gonzaga, com indeferimento do Juiz Alan de Oliveira (confira aqui).
Vicente foi afastado na última sexta-feira (13) em ato do Poder Legislativo local (confira aqui), após comunicação do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de que o mesmo havia perdido seus direitos políticos em razão de condenação criminal.
Guia entrou em contato com o advogado do Sr. Vicente Diel, Cláudio Cavalheiro, que informou que as estratégias da defesa após esta decisão do TJ-RS serão secretas e chegarão ao conhecimento público apenas pelos sites do poder judiciário.


Extender a Lei ou se entender com Quem????



Em suas instâncias, CPERS ouvirá categoria sobre ingresso na Justiça cobrando o piso

A direção do CPERS/Sindicato encaminhou para debate nas instâncias do sindicato e, posterior, deliberação na Assembleia Geral do dia 4 de maio, se a assessoria jurídica da entidade deve ser colocada à disposição dos associados para o encaminhamento de ações individuais cobrando o Piso Salarial.

Vale, no entanto, salientar que a luta política que se estabeleceu pelo descumprimento de promessas do Governo Tarso, que se elegeu afirmando que pagaria o piso, sem dúvida, não será transferida para a esfera jurídica.

Veja, abaixo, documento encaminhado aos 42 núcleos da entidade.


Sobre medida judicial para cobrança do piso

Considerando que:
1)    Apesar da decisão final do STF sobre a constitucionalidade do Piso em abril do ano passado, o governo Tarso sequer demonstra vontade política para cumprir a lei.
2)    A ação movida pelo Ministério Público teve julgamento favorável e mesmo assim o Governo não cumpre a decisão judicial.
3)    Em 2011 a categoria se mobilizou para que o Governo apresentasse um calendário de pagamento do Piso, e o Governo se recusou a apresentar.
4)    Em fevereiro de 2012 encaminhou para a Assembleia Legislativa e aprovou um projeto de reajuste salarial que descumpre a lei do Piso.
5)    Nesta mesma época encaminhou ao Sindicato uma proposta de calendário de reajustes que é uma verdadeira afronta à lei do Piso, pois, no final de 2014, a categoria receberia R$ 1.259,11 de básico, quando hoje o valor do Piso é R$ 1.451,00.
6)    O Governador Tarso, de forma intransigente, se recusa a negociar com o Sindicato o pagamento do Piso.
7)    A categoria está sofrendo um verdadeiro assédio por inúmeros advogados oferecendo este serviço e cobrando as mais diferentes taxas.
A Direção do CPERS/Sindicato encaminha, para que seja debatido nas instâncias do Sindicato e deliberado na Assembleia Geral do dia 4 de maio, se a Assessoria Jurídica do Sindicato deve ser colocada à disposição dos associados para o encaminhamento de ações individuais cobrando o Piso Salarial.
Vale, no entanto, salientar que a luta política que se estabeleceu pelo descumprimento de promessas do Governo Tarso, que se elegeu afirmando que pagaria o piso, sem dúvida, não será transferida para a esfera jurídica.  
Na Assembleia Geral do dia 4 de maio estaremos, com certeza, aprovando propostas de mobilização que darão continuidade a nossa luta pelo Piso para professores e funcionários e em defesa dos direitos históricos da nossa classe.
Direção do CPERS/Sindicato

Protestanto por R$1,45.........


Categoria protesta contra o não pagamento do piso e cobra investimentos na educação pública

Na quarta-feira (18), em todo o Rio Grande do Sul, professores e funcionários de escola realizaram plenárias e manifestações. Durante o dia, a categoria trabalhou em sala de aula em apenas meio período em cada turno. A outra parte do turno foi reservada para a realização de atividades voltadas a cobrar o pagamento do piso, a protestar contra a reforma do ensino médio e para exigir investimentos na educação pública.

Em Porto Alegre, núcleos da região metropolitana concentraram-se, no período da manhã, na Praça da Matriz. Uma boa representatividade de educadores e estudantes cobrou a implementação da lei do piso. O período da tarde foi reservado para debates nas escolas (foto 1).

Em Santo Ângelo, na região noroeste do estado, a categoria realizou uma panfletagem na região central da cidade. Simbolicamente, professores e funcionários de escola depositaram R$ 1,45 em suas próprias contas, valor correspondente a 0,1% do valor do piso, que deveria ser de R$ 1.451,00 (foto 2).

Na cidade de São Borja (foto 3), foram realizadas panfletagens nas escolas. No próximo  sábado, dia 21, educadores realizarão outra panfletagem, desta vez no parque General Vargas.

A categoria se reúne em assembleia geral no dia 4 de maio, no Gigantinho, em Porto Alegre. No mesmo dia, pela manhã, será realizado um ato público unificado com servidores de outras categorias na Praça da Matriz. Os educadores se concentrarão em frente ao CPERS/Sindicato, na avenida Alberto Bins, 480, a partir das 9 horas.

João dos Santos e Silva, assessor de imprensa do CPERS/Sindicato
Fotos: Divulgação

O desejo de uma Criança com Leucemia....




Ela tem Leucemia e o sonho dela é
conhecer o Luan...
Bora repassando pra chegar até a produção do Luan santanamesmo você não
gostando dele #repasse

quarta-feira, 18 de abril de 2012

OCASO DO ALVORECER


OCASO DO ALVORECER

A vida é a mesma mortalha que nos fez nascer
Como é triste o alvorecer virando ocaso
Acasos fatais nos levarão novamente ao caos do universo
Viraremos simples versos de um poeta sentimental

Um dia haverá luz
No outro a escuridão total
Não seremos mais que memórias
Na História renasceremos

Em tudo que antes fomos nos transformaremos
A morte é apenas um regresso à matéria original
Apesar de não ser o bastante para o coração calar
Um retrato na estante melhor falará

Ou trará paz sem a presença de antes
O infinito se faz a cada instante
ATEU POETA
1:1
19/04/2012