Pesquisar neste blog

Origem das Visitas

AROLDO FILHO

https://www.facebook.com/DelfosJornal GRUPO AROLDO FILHO NO FACEBOOK

sexta-feira, 4 de março de 2011

A MORTE DO CAPOEIRA


A MORTE DO CAPOEIRA

A capoeira, hoje, ficou menor
Um vazio se estende durante o dia
A juventude abreviada 
O capoeirista não acorda 
Seu talento se perdeu para sempre 
Agora, a lembrança embala 
A canção, o berimbau, o pandeiro e o atabaque 
É tão estranho, mas todos, um dia, morrerão 
Só não precisava ser assim, cedo demais 
Deixando para trás todo o potencial 
Os ideais e os amigos sem resposta 
A capoeira foi vencida pela tristeza 
O capoeira nunca mais jogará 

ATEU POETA 
7h e 37 min