Pesquisar neste blog

Origem das Visitas

AROLDO FILHO

https://www.facebook.com/DelfosJornal GRUPO AROLDO FILHO NO FACEBOOK

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

NOTAS DO CAOS


NOTAS DO CAOS

Tua poesia não vale a metade da lágrima
Vidraça fria que se propaga na escuridão
O insumo do teu diafragma são mentiras tresloucadas
Notas insanas de caos e destruição

Quanto mais bela a arte, mais enganosa
Veneno de cobra na dobra da rosa
Espinho de asa na brasa do trovão
Magma em erupção destrói campos e casas

Vidas se perdem no fogo cruel
Um pedaço do céu caiu na sacada
Cavalo de tróia, um negro corsel
Esgrima na crima da  da cúmulo-nimbos

Espada enfiada na rima e no vento
Ilusão é alento de quem não tem noção

AROLDO FILHO