Pesquisar neste blog

Origem das Visitas

AROLDO FILHO

https://www.facebook.com/DelfosJornal GRUPO AROLDO FILHO NO FACEBOOK

domingo, 2 de setembro de 2012

Portela e a atual gestão



Texto: Joseclei Nunes (Razão & cultura)


Faltando alguns meses para o carnaval de 2013, as agremiações estão com seus enredos, os sambas estão em andamento para a definição do hino.

Além da Ilha, a Portela foi dada pelos comentaristas um dos melhores enredos para o carnaval de 2013, mas em menos de dois meses tivemos duas baixas: Sharon Meneses e o casal de mestre sala e porta bandeira Rogerinho e Lucinha Nobre.

Não sou a favor de rainhas de bateria fora de sua comunidade, porém a Sharon Menezes era uma simpatia com a comunidade, era presença certa em todos os ensaios técnicos e de rua da agremiação, porém foi deposta por motivo nenhum pelo o nosso presidente.

Já Lucinha Nobre e Rogerinho foram a grande surpresa para toda comunidade portelense. Há tempos que a Portela não tinha um casal nota 10 no carnaval carioca e conseguimos isso no carnaval de 2012, mas a noticia de alguns dias atrás abalou toda a comunidade e todo o mundo do samba.

A dispensa do casal da escola gerou uma enorme insatisfação de toda a sua torcida e gerou até o afastamento de alguns diretores, mas porque da Portela nunca conseguir voltar a conquistar o tão sonhado título do carnaval, mesmo quando o vento vem ao nosso favor?

Desde a chegada da nova gestão, a escola passa por altos e baixos no carnaval carioca desde quando a gestão iniciou em 2004 e de lá ate os tempos de hoje, foram 8 carnavais e voltando apenas 3 aos desfiles das campeãs: 2008, 2009 e 2012.

Entre altos e baixos, já aconteceram coisas como alegoria pegando fogo, a barração da velha guarda do desfile, brigas internas com segmentos da escola e até corte de alas antigas, como a ala dos guanabarinos, uma ala com 50 anos de existência e agora com dispensa com aqueles que suaram para trazer a nossa escola de volta ao topo.

A escola precisa voltar aos tempos de glorias e é preciso ter uma gestão de verdade, pois de que adianta ter o melhor samba, como em 2012 e não investir em barracão. Como pode usar um argumento que precisa renovar a escola e dispensar um dos casais mais renomados do carnaval carioca?

Toda a comunidade portelense merece respeito e uma gestão de verdade, investindo em barracão, no marketing, na raiz da nossa escola, utilizando a imagem de sua velha guarda, da bateria e de outros segmentos além da nossa comunidade. Não queremos xerifes que comandam a punho de ferro, dispensando aqueles que lutam a cada dia por nossa escola.

Então, o que podemos achar onde a Portela chegará em 2013? Um dos melhores enredos, uma safra de sambas bons. A escola estava indo no caminho certo, mas a dispensa da Lucinha e do Rogerinho, colocou novamente uma interrogação para todos nós após essa decisão. Não basta deixar de investir em barracão, tem que dispensar aqueles que nos dariam nota 10. O que podemos acreditar nessa gestão e o que podemos fazer para trazer de volta a nossa escola de volta?

Como diz o trecho da musica Portela sem vaidade “Mas o portelense quer vitória”, precisamos resgatar nossas raízes e a Portela é isso, mesmo ganhando ou perder isso é normal, como o samba de 1991 com o enredo tributo a vaidade. Mas não é normal perder todo ano e agora que a escola vem falar do seu bairro e da sua historia. O nosso presidente precisa respeitar nossa comunidade e enfim, investir de fato na nossa escola, mantendo o elenco que nos deram notas máximas e trazendo aqueles que possam somar e enfim trazer de volta a taça para a comunidade de Oswaldo cruz e Madureira, mas retroceder como ele tem feito é complicado. Agora é acreditar no que ele fazendo possa dar certo, mas espero que invista em barracão ou como já dizia o capitão nascimento: “Pede pra sair”, pois a Portela não precisa de você.