Pesquisar neste blog

Origem das Visitas

AROLDO FILHO

https://www.facebook.com/DelfosJornal GRUPO AROLDO FILHO NO FACEBOOK

sexta-feira, 29 de junho de 2012

FESTIVAL DE QUADRILHAS DE PACOTI FAZ 19 ANOS


Hoje, 29 de junho de 2012, é aniversário do Festival Junino de Pacoti que foi criado em 93, no dia de São Pedro pela historiadora Rosimar Brito; na época diretora de cultura, pela professora Fátima Brito; na época Secretária de Educação, pelo médico Pedro Brito; na época prefeito de Pacoti e por Julita Queiroz; na época agente administrativa no Departamento de Cultura.

ATEU POETA

Mução é preso



  O radialista e humorista Rodrigo Vieira Emerenciano, mais conhecido como Mução, foi preso nesta quinta-feira (28/06/2012) em Fortaleza/Ce. Mução foi preso sobre a acusação de divulgação de pornografia infantil na internet. Sua prisão foi desencadeada sobre a Operação Dirty-Net, da Polícia Federal.
   A prisão temporária de Mução, Rodrigo Vieira Emerenciano, é de cinco dias, podendo ser prorrogada. Segundo a PF, no entanto, devido às provas já obtidas em e-mails e no cruzamento de informações durante as investigações, iniciadas em dezembro, pode mudar para preventiva.


quinta-feira, 28 de junho de 2012

BONECAS DE PORCELANA



BONECAS DE PORCELANA

 Os falsos inventam motivos para te criticar
 Por que são infelizes
 E por isso querem o teu lugar
 Fingem-se de amigos

 Dizem estar ofendidos pelas menores coisas
 Doem-se de dores insanas
 Bonecas de porcelana
 Querem te derrubar

 Roubam-te as ideias
 São frias e feitas de ingratidão
 Inveja e transtorno movem seus corações
 Mil razões irracionais

 Mudam discursos e ideais
 E ladram feito cães
ATEU POETA
1:46
29/06/2012

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Foi hoje pela manhã

Solto os verbos com as rimas
Loucura sob o céu que observa
Fortes são minhas asas que vão ao vento
Fazendo do meu mundo minha quimera.

Sem bússola e sem direção
Emoção no contato com novos povos
Povos com ritmo, sem inadequação
Que eternizam a ação do tempo.

Nas paredes descascadas das igrejas
Visíveis imagens do envelhecimento
Desmascaram as pelejas
Nas esquinas religiosas.

Joelhos ao chão em devoção
Entregam-se ao fado hipotético
Aproveito e solto meu canto poético
Afiada e desafinada oração.

Na saída não apago a luz
Entregue ao provável destino
Com estilo de esporte fino
Nos pés um belo bico fino.

Charuto cubano no boca
Fito no horizonte o disparate
Aceno para qualquer boa pessoa
Quero à toa uma guarida.

Volto do meu voo imaginário
Toquei o belo azul turquesa
Preservo com idoneidade e clareza
O que ponho no papel da minha vida.

André Anlub

domingo, 24 de junho de 2012

O ASSOVIO DO VENTO



O ASSOVIO DO VENTO

O mundo não é tua redoma, guria
Doma tua liberdade
Antes que a frialdade siga a tua direção
No caminho mais duro

Se encontra, muitas vezes, o tesouro puro
Segue para longe, apesar de todo apuro
Lá onde o vento assovia
As vias se entranham

E se estranham as rodovias
Ergue a tua linha, nenhum lar é seguro 
A sangria em teu peito cessa
A mente que não cria seca

Vai na calma e flutua
Fecha a palma da mão e continua

ATEU POETA
16:31
23/04/2012

terça-feira, 19 de junho de 2012

Parabéns Chico Buarque - 68 anos





ACORDE!

LOBO GREGO




LOBO GREGO

São tantos lobos em pele de cordeiro
Estúpido tribunal dos urubus
Que se perdem rebanhos inteiros
Os rios vermelhos já foram azuis

O céu já não reluz o verde das montanhas
O forasteiro se banha na luz alheia enquanto a reduz
Rouba ideias e ideais
Quebra telhados e sonhos sem fim

 O pastor pastora tudo de coração ferido
Reforça a cerca entre escombros aferidos
Máscaras se partem para além
Há gregos por toda parte

Agregados entre cegos que dizem amém
Egos faíscam sempre em esgrimas desnecessárias

ATEU POETA
6:47
19/06/2012

domingo, 17 de junho de 2012

A INGRATIDÃO MOLDA O MUNDO




A INGRATIDÃO MOLDA O MUNDO

Certa questões jamais maturarão
Enquanto outras pouco foram infantis
O tempo muda ideais
Mas continua uma ideologia algoz

Idealistas não captarão novos sonhos
Tudo vira facção
O crédito sem troco troca de mãos
Oceanos secam

Desertos deságuam na escuridão
Cegos são seus guias
A verdade é uma guria sem voz
A nostalgia finca espada no coração

A poesia é maresia sem razão
A ingratidão molda o mundo sem ação

ATEU POETA
8:18
16/06/2012

LOUCURA IN LOCO



LOUCURA IN LOCO

Leitores não sabem ler
Nem poetas escrever
Ou professores florescer
Criadores precisam copiar

Capturar novas dores e desvios
Estouram outras vias no ar
Via Láctea em stand by
Maresias subatômicas

Bombas astronômicas
Viagens intergalácticas
Argonautas das estrelas sucumbiam
Navegantes nada viam fora de foco

Loucura in loco
O mundo é pouco para quem sabe voar

ATEU POETA
8:17
16/06/2012

sábado, 16 de junho de 2012

sexta-feira, 15 de junho de 2012

quarta-feira, 13 de junho de 2012

A[A]A


A[A]A
AAAAAAAAAA
[AAAAAAAAAA]
[AAAAAAAA]
[AAAAAA]
[AAAA]
[AA]
[]
[[][]]
[ [][][][] ]
[ [][][][][][] ]
[ [][][][][][][][] ]
[ [][][][][][][][][][] ]
]   [][][][][][][][][][]   [
ATEU POETA
00:54
14/06/2012

Os desabafos de quem fala o que pensa



Joseclei Nunes: (Razão & Cultura)


“Meu oficio é falar o penso.” Voltaire

Não é segredo nenhum que tenho Voltaire como exemplo de pensamento, além de Rousseau, Spinosa, Christopher Hitchens e Salvador Allende.

Assim como eles, eu também venho recebendo criticas, perdendo amigos, além de muitas fofocas, negativo na maioria, em meu nome.

Apesar dos meus 27 anos vividos num país onde tudo acaba em pizza, fica difícil de falar o que pensa, quando em sua maioria pensa em si, baladas, sexo, consumismo e outras coisas que o sistema nos propõe, e ser diferente acaba sendo negativo, ainda mais numa roda de colegas, como vem acontecendo na minha família, no serviço, no curso e outros lugares que frequento.

Desde a criação das redes sociais, isso passou pra mim, mas uma ferramenta de falar o que penso. Criei uma organização deísta, ganhei amigos, seguidores, tive apoio de ativistas de esquerda, ateístas, defensores do aborto e da eutanásia e principalmente de defensores pela defesa do estado laico, que é a bandeira que defendo, mas esses pensamentos vem gerando polemicas e de um tempo pra ca, venho sendo vigiado diariamente para ver o que geralmente posto ou não posto.

Nunca escondi o que penso, pois sempre falei o que acho, mesmo não querendo ofender ninguém, acabo ofendendo, mas não faço isso por mal, é apenas a ideologia que sigo e defendo e as vezes, acabo não concordando com certas coisas que presencio ao meu redor.

Nunca escondi pra ninguém que tenho pensamentos socialistas, anticristã, deísta, porem polemica. Sempre critiquei a postura da mídia, de empresários, advogados, pois pra mim eles não passam de pessoas que só pensam em lucrar sem olhar a aqueles que geram suas riquezas. Outro lado defendo médicos, professores e bombeiros, pois eles sim, trabalham para o nosso bem e não são bem remunerados. Lembro uma vez, um comentário de umas pessoas do meu serviço por criticar a greve dos bombeiros, os chamando de vagabundos. Mas séra que esses vagabundos que salvam nossas vidas, arriscando a deles merecem ganhar menos de mil reais, enquanto um empresário fica sentado em um escritório com ar-condicionado ganhando milhões?

Talvez esses sejam um dos motivos por ser diferente, critico e polemico. Lembro que em uma conversa com duas pessoas, eles estavam comentando suas aventuras em questão de baladas e mulheres, enquanto eu, lembrava da minha adolescência em época de Faetec, participava de protestos em favor do passe livre para estudantes, jogava RPG e já começa a nascer a minha luta pelo estado laico. Outro fato é hoje em questão cultural e musical. Olhamos a juventude a curtir tudo que a mídia lança e todos acham isso bonito, enquanto eu escuto artistas, que em sua maioria estão mortos. Vai achar alguém da minha idade ou mais novo que escute Nara Leão, Clara Nunes, Wilson Simonal, Velha Gaurda da Portela e Mangueira e entre outros. Vai ler Voltaire, Saramago, Rousseau e entre outros.

Entre essas e outras, sou tratado e visto de forma diferente por todos ao redor. Escuto piadas, ganho apelidos e entre outras coisas. Não tenho culpa de não gostar de baladas, gastar granas em lanchonetes que escravizam seus funcionários, comemorar essas datas comerciais como dia das mães, natal, pascoa e etc...Não sou obrigado a aceitar a minha desvalorização, independente do lugar que eu esteja.

Para finalizar, não gosto de postar esses tipos de artigo no meu blog, mas é o momento desabafo que nesses dias me faz pensar o que é bom e útil para minha vida e meu futuro. Busquei um sonho que não deu certo, desisti, acreditando em outro sonho, como me prometeram e o que vi, foi nada mais que um puxão de tapete. Mas isso me fez repensar, poder voltar no meu velho sonho, o que sempre busquei e sonhei desde criança e vejo que dar. Mas agora, com minha experiência de vida, aprendi ver o próximo como igual, vou lutar pela defesa do desprotegidos, pois a massa que move um país, uma nação e ela nunca pode aceitar as regras e se omitir, pois é preciso lutar contra a mídia, a falsa cultura, o consumismo e lutar em defesa de uma educação e saúde publica de qualidade. Um salario digno para médicos, professores, policiais e bombeiros e um pais de liberdade de opinião e credo, sempre respeitando o estado laico.

É isso que penso, é isso que defendo, é isso que falo...Não vim para ser mais um, ser manipulado pelo sistema e com a liberdade que o país me da, tenho o direito da falar o que penso, estando em meu blog, minha rede social, ate onde puder. Nunca ofendi ninguém, pois cabe a cada um se sentir ofendido ou não. Nunca citei nomes, mas é isso...Não odeio os cristãos, mas não concordo da politica do cristianismo brasileiro e vou sempre contestar, vou falar sempre onde tem algo que não concorde, como falei do meu trabalho, dos transportes públicos, da saúde publica, UPP, UPA e ate na instituições do carnaval que organizam o desfile.

Graças a essas criticas, sou fundador da União Brasileira dos Deistas, criei um blog com mais de 30 mil visitas, escrevo para o blog visão de esquerda, jornal delfos e da torcida organizada da Portela, Portelamor e isso prova que tenho conquistado meus objetivos. O problema são os fofoqueiros de plantão que ver o que posto nas redes sociais e tentam denegrir a minha imagem perante as pessoas. Mas só quem me conhece sabe o que penso e como sou o dia a dia, apesar de não concordar ou compactuar com tudo que me impõe...Cabe a você me julgar se vale a pena me ter como companhia ou não.

“Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las.” Voltaire

"Não basta que todos sejam iguais perante a lei. É preciso que a lei seja igual perante todos." Salvador Allende 

I[A]I



CORRENTE DE OURO




CORRENTES DE OURO

Perseguição política é ato covarde
De quem morre de medo de sair do trono
Por que o poder não é dado aos competentes?
Quem implanta o terror chorará ao cair

Sem talento é fácil sucumbir
O cabresto no voto é uma vergonha cultural
O progresso só existe onde a mentalidade muda
Retrocesso não dá ajuda a quem precisa

Negócios escusos movem o país
Rabos presos em correntes de ouros
Poucos quilates
Muitos que ladram

Todos se mordem
E a máfia nunca muda, por que ninguém se move

ATEU POETA
1:44
13/06/2012

sexta-feira, 8 de junho de 2012

DAS BORBOLETAS

Das Borboletas

Ao findar a chuva aparecem os primeiros olhos
Curiosos olhos felizes e esfomeados
Donos dos seus devidos solos.

Com o retornar do astro rei
Insetos retomam voo, formigas voltam ao trabalho.

E as borboletas...

Borboletas sem rumos fazem sombras e voam através dos tempos
Com objetivos incógnitos, vão em coloridos enlouquecidos.
Se vão, como os ventos jamais esquecidos...
São arco-íris vivos, sem agonias ou contratempos.

Borboletas são tão frágeis e enamoradas
Imponência e imanência do majestoso
Com seu voar ébrio desconcertante
Deuses levantam de seus tronos e aplaudem.

Borboletas vão de encontro à perfeição
Trovões se calam e vulcões resfriam-se
No infinito do espaço se faz um silencioso eco
Tão perto da magnitude sem emitir um só som.

Nos anéis de saturno o soturno definha
Amplo brilho se faz ofuscando a vida
Nas suas asas a essência, aquarelas no tom
Tudo isso só visto aos olhos do bom.

André Anlub

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Pão



Pão

Plantarei o trigo em solo fecundo
a ostentar a alva pele de cordeiro
quiçá limparei os pecados do mundo
da massa fermentada seria padeiro

Espírito servido ao café da manhã
que sacia o amor no estilo caseiro
com hóstias, brioches e croissants
o divino calor que emana do cheiro

Da casquinha crocante da eucaristia
vou sovar cereal com força e poesia
terei água e sal em plena comunhão

Na mistura de letras dessa ladainha
o bromato se eleva sutil na farinha
engendra o milagre da multiplicação.

Wasil Sacharuk

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Menino de rua


Vejo estes passos
Meninos descalço
Pegadas de solidão
Menino no chão
Sinais de abandono
Menino com sono
Falta um abraço
Menino que sonha

As coisas se manifestam
sem você perceber
As noites caem
e o frio amedronta,
não mais que a violencia
Bancos frios de concreto viram cama
O descaso é imenso
O medo aterrorizante
e a fome maltratante


A solidão corroe por dentro
menino no tempo
Que frio
Menino no rio
Vida de tormento
menino no vento
Sinal aberto
Menino pedindo esmola

Esmola, esmola, esmola
Peixe sem isca
acaba qualquer hora
- Menino não me belisca
- Pai estou com fome.
- Calma, João! Estamos chegando.

Tempo passando
Menino andando
Tempo passando
Menino brincando
Tempo indo
Menino pedindo
Tempo indo
Menino sorrindo

Menino levanta
anda e pula
Sorrir
Menino de rua
a vida me ensina
e te ensina
Arrepia
Menino descalço
do asfalto

Autor : Damtim ( O Pensador)

Guerra Cibernética




Um vírus de alta complexidade está roubando dados no Oriente Médio, afirma a empresa de segurança Kaspersky.




Chamado de Flame, o malware está operando desde 2010 e parece ser custeado por um Estado, afirmou a Kaspersky em um comunicado. No entanto, a origem do malware ainda é desconhecida. O Flame foi desesnvolvido para roubar informações de sistemas e arquivos armazenados, além de conteúdo exibido nos monitores e conversações em áudio.


De acordo com a empresa, o vírus tem 20 vezes o tamanho do Stuxnet, que foi direcionado a um complexo nuclear do Irã. O maior número de máquinas afetadas pelo Flame se encontra no Irã, seguido por Israel e Palestina, Sudão, Síria, Arábia Saudita e Egito.

“A complexidade e funcionalidade do novo malware excede a de outros ataques conhecidos”, afirma a Kaspersky. “As descobertas preliminares da pesquisa, conduzida por um pedido emergencial da ITU [International Telecommunication Union], confirmam a natureza bastante direcionada do malware. Um dos dados mais alarmantes é que a campanha de ataque do Flame está em sua fase ativa e seu operador está constantemente vigiando os sistemas afetados, coletando informações e mirando novos sistemas para concluir seus objetivos incertos”, completa Alexander Gostev, expert do Kaspersky Lab.



Segundo a Cnet, Eugene Kaspersky, CEO e fundador da empresa, comparou o novo vírus com o Stuxnet e concluiu que eles dão início a uma nova era na guerra cibernética patrocinada por governos.


“O malware Flame parece ser uma nova fase nessa guerra, e é importante compreender que essas armas cibernéticas podem facilmente ser utilizadas contra qualquer país”, afirma Kaspersly. “Ao contrário do que ocorre na guerrilha tradicional, os países mais desenvolvidos são na verdade os mais vulneráveis nesses casos”, completa.

fonte: http://sobrenatural.org/noticia/detalhar/20464/grande_ataque_virtual_e_descoberto_no_oriente_medio/

CURTA PÁGINA DE AROLDO FILHO NO FACEBOOK




Aroldo Filho :

Historiador, literato, professor, jornalista independente e blogueiro.

Presidente e criador do Jornal Delfos-CE (2007).

Sócio-Efetivo e criador da SEMPRE (2008).

Criador do projeto de Lei que deu origem ao 1° Arquivo Público do Interior do Nordeste na cidade de Pacoti-CE (2009). 

2° e 4° lugares,consecutivamente, no 1° e 2° concursos de poesia da comunidade do Orkut "Vamos Escrever um livro?"(2009 e 2010). 

Criador do projeto da exposição histórica "PACOTY: UMA HISTÓRIA EM 

DOCUMENTOS", aprovado pelo Banco do Nordeste (2010). 

Sócio do Instituto Desenvolver (2011).

2° Lugar em concurso de pensamento sobre poesia na comunidade "Grupo de Poesia" no Facebook (2012).

Escreve contos, crônicas, poesias, fábulas, romances, artigos, peça teatral, letra de música, publica notícias em vários blogs e realiza entrevistas.

Ministrou aulas de História, Geografia, Arte e Religião em Pacoti. (de 2008 a 2011)

Prestou serviço ao Governo do Estado do Ceará como pesquisador no Porto do Pecém. (2011)

Participa da "Antologia Literária NOP", com a participação de 38 poetas de vários Estados do Brasil. (2012)

Participa também dos projetos de Exposição Literária"Homens Apaixonados" e "Mulheres Nuas", como poeta e organizador, em Parceria com os poetas Paulinho Dhi Andrade e Allana Sanches; movidos também pelas comunidades "Nova Ordem da Poesia-NOP", através de Orkut e Facebook. (de 2010 a 2012).

ATEU POETA

PADARIA ESPIRITUAL


PADARIA ESPIRITUAL

Plantar a semente e acreditar
que o sol e a chuva em sua lida
farão brotar a planta ora escondida
que como  vida há de se mostrar

Depois colher o fruto aguardado
como presente da natureza
que nunca falha nessa certeza
de que o grão sempre é renovado

E o pão nosso da cada dia
é resultado de sol e suor
onde o homem com seu labor
transforma em massa sua utopia

E o poeta, semeador de palavras,
faz o alimento que nutre a alma
tal qual o germe que faz a palma
tal qual chuva que molha as lavras

Todo poema é um pouco pão
que mata a fome do sonhador
que pra viver precisa do amor
como a semente carece do chão...

Marisa Schmidt

domingo, 3 de junho de 2012

CONCURSO DE POESIA JANETE DO CARMO




Inscreva-se pelo e-mail:  

Antes, leia o edital e preencha o formulário em: www.inspiraturas.com

Ateu Poeta

ARIANO SUASSUNA É INDICADO AO NOBEL DE LITERATURA



Dramaturgo ARIANO SUASSUNA é indicado ao Prêmio Nobel de Literatura, representando o Brasil.

ATEU POETA
(Historiador e presidente do Jornal Delfos)


http://www.opensanti.com/2012/05/premio-nobel-de-literatura-ariano.html?spref=fb

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Cada um com seu naco

Cada um com seu naco Carecia dividir o bendito pão Ao invés de comê-lo sozinho Desde o milagre da multiplicação Abasteci minha adega de vinho Um pai nosso e duas avemarias Mudarão o percurso dos dias Conheci os milagres da fé Ordenando palavras ao léu Mergulhando o pão no café Servi a qualquer deus do céu Engolindo os nacos sagrados Ungindo de vinho os pecados Nas letras dessa oração Ao invés de escrever poesia Comunguei o milagre da podridão Orando os versos da heresia. (Acrósticos 5,1-11) Wasil Sacharuk www.wasilsacharuk.com