Pesquisar neste blog

Origem das Visitas

AROLDO FILHO

https://www.facebook.com/DelfosJornal GRUPO AROLDO FILHO NO FACEBOOK

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

A OGN PINGO D'ÁGUA PRECISA DE PARCEIROS ECOLOGISTAS E PROJETISTAS

A OGN PINGO D'ÁGUA PRECISA DE PARCEIROS ECOLOGISTAS E PROJETISTAS


A ONG Pingo D'água precisa de parceiros ecologistas e projetista para desenvolver ações com empresas.

Itamar, presidente da ONG, aguarda com urgência
Contato: (85) 9-86512217

Site da ONG Pingo D'água: 

Reportagem com a ONG Pingo D'água de Pacoti, entrevista a TV Verdes Mares:


Ateu Poeta
30/11/2015

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

SACERDOTES ALUGAM IMÓVEIS DO VATICANO PARA BORDÉIS


SACERDOTES ALUGAM IMÓVEIS DO VATICANO PARA BORDÉIS

Francisco não consegue por em ordem sua própria casa

Um novo vazamento de informações, o Vatileaks 2, revelou que padres estão alugando imóveis do Vaticano a bordéis, saunas de gays e casas de massagem. Parte desses imóveis fica perto do parlamento italiano e de um solário próximo à Piazza Barberini.

Os imóveis estariam em nome Congregação para a Propagação da Fé, que é um departamento do Vaticano.

De acordo com os jornais The Independent e Daily Mail, alguns desses imóveis foram alugados por autoridades do Vaticano para receber como pagamento “favores sexuais”.

Vatileaks 2 confirmou informações publicadas pela imprensa italiana em março de 2013 segundo as quais o Vaticano tinha investido € 23 milhões (equivalente atualmente a R$ 94 milhões) na compra em 2008 de 20 apartamentos de um complexo em Roma que abriga a maior sauna gay da Europa, o Europa Multi Club. No complexo moravam 18 cardeais.

A compra dos apartamentos teria sido por decisão do cardeal Tarcisio Bertone, que foi braço direito do papa João Bento XVI. 

Pelo Vatileaks 2, Bertone desviou 200.000 mil euros (cerca de R$ 820 mil no câmbio de hoje) de uma instituição de caridade de assistência médica para reformar seu apartamento.

O vazamento do novo escândalo coincide com o momento em que o papa Francisco pediu aos sacerdotes que evitem todas as tentações de poder, de prestígio e do dinheiro, acrescentando que quer uma Igreja humilde e pobre.

Com informação do The Independent, do Daily Mail e de outras fontes.

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

STF PRETENDE REPATRIAR MAIS DE 9 MILHÕES DE REAIS ATRIBUÍDOS A CUNHA

http://colunadiamante.blogspot.com.br/2015/10/stf-pretende-repatriar-mais-de-9.html
STF PRETENDE REPATRIAR MAIS DE 9 MILHÕES DE REAIS ATRIBUÍDOS A CUNHA 

Supremo Tribunal Federal manda embargar na Suíça mais de 9 milhões atribuídos a Eduardo Cunha na Suíça, consta que em contas que Eduardo Cunha movimenta sejam mais de 10 milhões.

Eduardo Cunha continua negando tudo e disse não ter acesso ao que dizem sobre ele em  "fatos novos" que surgem sobre ele"toda quinta-feira".

"No Congresso, aumenta a pressão pela abertura de processo contra Eduardo Cunha no Conselho de Ética. O vice-líder do governo na Câmara, Sílvio Costa, do PSC, pediu ao procurador geral da República que entre com uma ação no Supremo para afastar Eduardo Cunha da presidência da Câmara. Ele argumenta que Cunha usa o cargo em benefício próprio para adiar o processo de investigação no conselho de ética. “O PSOL deu entrada no conselho de ética e até agora ele não numerou o pedido do PSOL. Se ele não numera, o processo não começa”, afirma deputado Sílvio Costa, do PSC-PE."

Ateu Poeta
23/10/2015

terça-feira, 20 de outubro de 2015

YONÁ MAGALHÃES

YONÁ MAGALHÃES

Dia vinte outubro algo triste aconteceu
O céu acordou em pleno breu
Pois Yoná Magalhães faleceu

Ela foi mais do que uma simples atriz
Pois fez papel da primeira mocinha de novela
Delicada como a flor-de-lis
Numa manhã leve e bela

Yoná transformou-se em Antônia, melhor amiga de Tieta
Na novela baseada no romance de George Amado
Sua alma era livre como uma doce borboleta
Porque seu espírito virou um alegre ser alado!

Ela era a musa em qualquer paisagem
Sua beleza não se acabou com o tempo
Seus cabelos cacheados em corte selvagem
Balançavam ao vento com sentimento!

Yoná foi a estrela da casa de luz carmim
Da novela Roque Santeiro
Sua pele branca de marfim
Brilhava o tempo inteiro
De um jeito faceiro!

Dia vinte outubro algo triste aconteceu
O céu acordou em pleno breu
Pois Yoná Magalhães faleceu.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

PACOTIENSE DESAPARECIDO

 
 

DESAPARECIDO ( FRANCISCO CARLOS)

Foi visto a última vez em Parangaba, e desde então nenhuma notícia dele. Sua mãe está muito preocupada, já não come e nem dorme direito e pede que por favor quem o vir dê notícias!

Os números para contato : (85) 98643-9064 , 98828-2298 , 98719-5244. E gente, por favor só ligue se realmente tiver notícias.

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

125 DE PACOTI E DE GUARAMIRANGA

125 DE PACOTI E DE GUARAMIRANGA

http://colunaclio.blogspot.com.br/2015/09/125-de-pacoti-e-de-guaramiranga.html
125 DE PACOTI E DE GUARAMIRANGA

"Pacoti foi elevado à condição de cidade em 2 de setembro de 1890, pelo decreto estadual no. 56/1890, recebendo esse nome a partir do rio que cortava o antigo sítio Pendência, nome original do povoado. Em 1938, um outro decreto (448/1938) re-emancipou o município, incorporando ao seu território localidades como Mulungu, Guaramiranga e Coité."

Só aprimorando aqui a informação: Guaramiranga é mais velho um dia pelo decreto 55 de 1 de setembro de 1890. Foi incorporado a Pacoti depois somente e depois re-emancipado, mas o fato é que a nossa cidade vizinha também tem 125 anos e muitas outras no Brasil por causa da Proclamação da República. 

decreto 66 de 2 de setembro de 1890 de 2 de setembro emancipou Pacoti, que assim como Mulungu e Aratuba também perdeu sua emancipação várias vezes, restaurada a ultima vez por Menezes Pimentel.

Acima Coité= Aratuba. 

Guaramiranga antes era Conceição, assim como Palmácia era Palmeiras e Pacoti era Pendência, depois Pacoty (o y ficava no lugar da do i tônico) e depois Pacoti. Por isso a exposição Pacoty: Uma História em documentos levava o nome de Pacoti com o y em vez de i na época em que eu fazia parte da SEMPRE.

Ateu Poeta (Aroldo Historiador)
O Historiador de Pacoti 

Pacoti-CE
03/09/2015

segunda-feira, 6 de julho de 2015

VERSOS SÃO VITRAIS

VERSOS SÃO VITRAIS

Estou pelo avesso
Versos são vitrais
Flores do jamais
Os teus adereços

Não são litorais
As constelações
Lançam laços astrais
Sem recomeço

Qual teu endereço?
Quais teus ideais?
O que sonhaste antes?
Estantes estatais

Inferno de Dante
Tristezas transversais
Transformam fortalezas
Em montes de sais

Estátuas que nunca olham para trás
Porque a Medusa já criou um deus
Que mata e cura
Tortura plebeus
  
Proíbe sem ternura
Mas já cometeu
Descomunal usura
Pobre Prometeus

Propenso à criaturas
A que nunca pertenceu
Por roubar de Zeus
O fogo sagrado

Veneno destilado
Entre as escrituras
Em tábuas de pedra
Só com numerais

Onde florescem tribais
Estruturas banais
Tétricas tabernas
Tolas, triviais

Tristes quimeras
Destroem o Olimpo
Que nunca existiu
No dia mais limpo

De um grande estio
Estilo sem estilista
Matrix sem New
Newspapers sem papel

Soldado sem quartel
Solda sem soldar
Comando militar
Sem o seu coronel

Sem dizer adeus
O amigo partiu
O meu coração
Já virou canção

Gangorra e funil
Quem dera agora
Minha, senhora
Fosse primeiro de abril

Ateu Poeta
06/07/2015

sexta-feira, 3 de julho de 2015

SELEÇÃO DE LINHAGENS EXPERIMENTAIS DE SOJA PARA CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS E TOLERÂNCIA A INSETOS


SELEÇÃO DE LINHAGENS EXPERIMENTAIS DE SOJA PARA CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS E TOLERÂNCIA A INSETOS

Por: MARIA CLIDEANA CABRAL MAIA (2 *); NATAL ANTONIO VELLO (3 ); MAURISRAEL DE MOURA ROCHA (4 ); NELSON SILVA DA FONSECA JÚNIOR (5 ); OSMIR JOSÉ LAVORANTE (6 ); JOSÉ BALDIN PINHEIRO (3 ); CARLOS TADEU DOS SANTOS DIAS (7 ); GISELLE MARIANO LESSA DE ASSIS (2 )  

( 1 ) Parte da tese de doutorado do primeiro autor, apresentada à Universidade de São Paulo, Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz(ESALQ/USP). Recebido para publicação em 12 de junho de 2006 e aceito em 16 de outubro de 2008. 

( 2 ) Embrapa Acre – CPAFAC, Caixa Postal 321, 69900-970 Rio Branco (AC). E.mail: clideana@cpafac.embrapa.br (*) Autora Correspondente; giselle@cpafac.embrapa.br. 

( 3 ) Departamento de Genética, ESALQ/USP, Caixa Postal 9, 13418-900 Piracicaba (SP). E.mail: naavello@esalq.usp.br;baldin@esalq.usp.br

( 4 ) Embrapa Meio Norte, Av. Duque de Caxias, 5650, Buenos Aires, 64006-220 Teresina (PI). E.mail: mmrocha@cpamn.embrapa.br.

( 5 ) IAPAR – Instituto Agronômico do Paraná, Caixa Postal 418, 86047-900 Londrina (PR). E.mail: nsfjr@iapar.br.

( 6 ) Embrapa Floresta, Caixa Postal 319, 83411-000 Colombo (PR). E.mail: osmir@cnpf.embrapa.br 

( 7 ) Departamento de Ciências Exatas – ESALQ/USP, Caixa Postal 9, 13418-900 Piracicaba (SP). E.mail: ctsdias@esalq.usp.br.
______________________________________________________
Carlos Tadeu dos Santos Dias 

Engenheiro Agrônomo graduado pela Universidade Federal do Ceará (1983), mestrado em Agronomia (Estatística e Experimentação Agronômica) pela Universidade de São Paulo (1988) e doutorado em Agronomia (Estatística e Experimentação Agronômica) pela Universidade de São Paulo (1996) com pós-doutorado pela Exeter University-Inglaterra (2001). 

Fez livre-docência na Universidade de São Paulo (2005), recebendo o título de Professor Associado. 

Atualmente é professor Titular da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Departamento de Ciências Exatas (2009). 

Tem experiência na área de Estatística Experimental, com ênfase em Análise Multivariada, atuando principalmente nos seguintes temas: Modelos AMMI, Correção dos Autovalores, Simulação Multivariada, Imputação Múltipla e Biplot. 

É líder do grupo de pesquisas "Modelos de efeitos principais aditivos e interação multiplicativa - AMMl" junto ao CNPq. 

É membro do corpo editorial e revisor de estatística da Revista Ciência Agronômica da UFC desde 2009. 

Endereços eletrônicos: ctsdias@usp.br ou ctsdias@gmail.com ou ctsdias@pq.cnpq.br ou ctsdias@pesquisador.cnpq.br 




Departamento de Ciências exatas:
Google Sites:
Google Escolar:
https://scholar.google.com.br/citations?user=9Ak0bCAAAAAJ&hl=pt-BR

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Até onde vai a Intolerância Religiosa?


Há quatro anos eu publiquei um texto (clique aqui) como é viver o dia a dia em país cada vez mais evangélico. Hoje reformulo para o texto falando como é viver o dia a dia em um país cada vez mais conservador e evangélico, ainda mais quando se é membro das religiões de matriz africana. Na semana passada, uma menina de onze anos foi apedrejada por alguns “malucos” e no momento do ato, eles estavam com a bíblia na mão, utilizando palavras como “diabo” e “Vai para o inferno” por esta com vestimentas da sua religião em saída de culto. De fato seria preciso entender um pouco, porque essa perseguição as religiões como Candomblé e umbanda e quem seria os culpados por esse tipo de intolerância que não termina e só aumenta.


No dia 21 de janeiro foi sancionado como Dia Nacional de Combate a Intolerância Religiosa pelo Presidente Lula devido a morte de Mãe Gilda que foi perseguida e maculada pela Igreja Universal do Reino de Deus a qual foi condenada pelo crime bárbaro, mas continua funcionando normalmente, não fez ajustamento de conduta e sequer teve alguém preso, apenas pagou uma indenização ínfima frente ao tamanho do seu império. Fui membro por um ano da Igreja Universal e nesse período fiquei um pouco abismado com a utilização dos Deuses africanos em seus cultos. Em 1997, o líder da Igreja, o Bispo Edir Macedo lançou o livro chamado Orixás, Caboclos e Guias: Deuses ou Demônios? O livro virou Best-seller no país, vendendo mais de três milhões de exemplares. Nele, o autor atacou as religiões de matrizes africanas, comentando sobre manobras satânicas e como os responsáveis das doenças, vícios e outros males que o mundo vive. O livro chegou a ser retirado de circulação em 2005, porém voltou a vender no ano seguinte.


Em 2011, o Coletivo de Entidades Negras/CEN lançou um Mapa da Intolerância Religiosa no Brasil, denunciando diversos casos de intolerância registrados pela mídia, a má utilização das concessões públicas de rádio e televisão que muitas vezes se comportam como espaços de promoção do desrespeito, intolerância e ódio religioso, como também observou a necessidade do aprofundamento da garantia da democracia para além da letra fria, e muitas vezes distante do direito, mas pela concretização enquanto um fato no dia a dia das pessoas que necessitam ter acesso a justiça e crer no seu cumprimento enquanto um dever do Estado, mas uns dos problemas não estariam somente por essa má utilização, ela também pode ser encontrada nas salas de aula, principalmente nas escolas públicas. Um relato de um professor nas redes sociais sobre a dificuldade de falar de assuntos relacionado a África, durante essas aulas, é normal ver alunos que a situação vivida pelo continente, como fome e pobreza, vem decorrente da fé que eles acreditam, utilizando palavras de baixos cunhos como continente do Diabo e amaldiçoado, isso uma vez foi comentado pelo Pastor Marco Feliciano em seu twitter. É claro que os problemas da África não é ligado a religião, mas isso é uma outra história e requer um outro texto.


Os casos de intolerância religiosa como o que acontecem nos exemplos citados acima não são isolados. Segundo dados da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH), somente em 2014, o Disque 100 registrou 149 denúncias de discriminação religiosa no país, com total de 26,17% ocorridos no estado do Rio de Janeiro e 19,46%, em São Paulo. Os números mostram que a intolerância religiosa ainda é uma realidade no país, onde as principais vítimas são as religiões de matriz africana, como o candomblé e a umbanda. Para o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, deputado Paulo Pimenta (PT-RS), essa onda de conservadorismo e intolerância religiosa tem cada vez mais adquirido características violentas. “O que está na base disso tudo é a ideia violenta e reacionária da incapacidade de conviver com a diferença e a diversidade”, destaca o deputado. 


A perseguição institucionalizada a religiões de matrizes africanas já fez parte da história brasileira, onde no passado não muito distante terreiros eram perseguidos pela polícia e fechados (muitos objetos de culto foram parar em delegacias no Rio e em Salvador na primeira metade do século XX), mas a intolerância ainda permanece nos tempos de hoje, toda vez que o Candomblé e a Umbanda são demonizados em TVs, rádios e internet, o que acontece com frequência, porém não há punições para que isso aconteça e isso teoricamente tem a crescer.


Talvez seja um pouco fácil de encontrar os idealizadores e culpados, mas de fato serão imunes, as perseguições contra as religiões, assim como outras minorias e por mais que esteja escrito na Constituição, a intolerância não será combatida, talvez pelo simples fatos de não haver interesses para esses tais lideres e o crescimento de igrejas de cunhos neopentecostais, que historicamente, seriam os principais culpados ao ataques as religiões afros, principalmente nas ultimas décadas. Acho que precisamos repensar, ter mais controles sobre novas igrejas, com fiscalizações se elas pregam de fato o que era ser pregado, o amor de cristo, mas infelizmente, muitas dessas igrejas, usam o medo para adquirir mais membros e assim arrumam um culpado, as religiões de Matrizes Africanas. E será que por essa culpa teremos mais uma Naiara e Mãe Gilda para serem apenas mais uma nas estatísticas? É preciso combater a intolerância religiosa, senão, será tarde demais


sexta-feira, 29 de maio de 2015

BANDE É CONDENADA APÓS DATENA OFENDER ATEUS

http://colunadiamante.blogspot.com.br/2015/05/bande-e-condenada-apos-datena-ofender.html




BANDE É CONDENADA 

APÓS DATENA OFENDER ATEUS







 










A notícia parece antiga, mas é nova. 

O caso é que já dura 5 anos


quarta-feira, 27 de maio de 2015

sábado, 9 de maio de 2015

DENÚNCIA: PERFIL FAZ APOLOGIA AO FASCISMO NO FACEBOOK

DENÚNCIA: PERFIL FAZ APOLOGIA AO FASCISMO NO FACEBOOK
#Denúncia Esta conta do Facebook faz apologia ao #Fascismo

LEI Nº 7.716, DE 5 DE JANEIRO DE 1989.
Define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor.
Art. 20. Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)
Pena: reclusão de um a três anos e multa.(Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

§ 1º Fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo. (Redação dada pela Lei nº 9.459, de 15/05/97)

sábado, 2 de maio de 2015

PERFIL MUÇULMANO ESTÁ CRACKEANDO CONTAS NO FACEBOOK

PERFIL MUÇULMANO ESTÁ CRACKEANDO CONTAS NO FACEBOOK

http://colunadiamante.blogspot.com.br/2015/05/perfil-muculmano-esta-crackeando-contas.html
PERFIL MUÇULMANO ESTÁ CRACKEANDO CONTAS NO FACEBOOK
Este perfil de Hamdi Ayari (no link)



está neste momento crackeando contas no Facebook. Denunciem.
Ele fazia parte de um grupo de pedofilia já derrubado, agora devem derrubar este perfil denunciando-o em massa.

Ateu Poeta
Historiador
02/05/2015

quinta-feira, 30 de abril de 2015

PROFESSOR MÁRCIO LEVOU UM TIRO NO OLHO NO PARANÁ

PROFESSOR MÁRCIO LEVOU UM TIRO NO OLHO NO PARANÁ
Por: Marcos Antonio (no Facebook)

Vejam isso e compartilhem o máximo que puderem!!! Este é o professor Márcio que leciona Geografia aqui em Londrina e acabou sofrendo um tiro no olho agora pouco por conta de uma polícia despreparada e inconsequente a mando de um governo INSANO, DESESPERADO, DESONESTO, BANDIDO, AUTORITÁRIO e COVARDE!! 

A inversão de valores deixou nossa sociedade de cabeça para baixo onde, professores como nós que ensinamos os filhos dos policiais e de toda a sociedade somos tratados como bandidos, e enquanto isso um governador bandido, deputados oportunistas e bandidos, um judiciário comprado como uma prostituta são os donos do poder!! 

Aonde fomos parar? Que sociedade queremos para nossos filhos? Reflitam sobre isso e nunca mais votem nestes bandidos do PSDB... 

Todo o apoio ao meu colega e companheiro de profissão, o professor Márcio!! 

Que a sociedade e a população nos ajude e se sensibilizem com O SANGUE DERRAMADO pelos trabalhadores da educação e servidores públicos que só querem manter seus direitos intocados, sem nenhum privilégio como os políticos bandidos do Paraná!! 

Abaixo, outros educadores e servidores feridos pela BARBÁRIE e pela EXTREMA COVARDIA.Não há mais adjetivos para se denominar um como este do Paraná. Só acreditamos no que está ocorrendo porque estamos vivenciando estes absurdos!!
________________________________________
Richa e deputados assinam com o sangue dos professores confisco da previdência 
Por: Neto Rodrigues (no Facebook)

Uma cena de guerra e barbárie. É o que posso descrever sobre hoje, no Centro Cívico, em Curitiba. Sem razão aparente, a Tropa de Choque iniciou um ataque aos professores, lançando bombas de efeito moral e soltando cães das raças Rotweiler e Pitbull contra a imprensa, professores e servidores. Houve muita correria e pânico, eram muitos homens. a Tropa de Choque do Bope desceu primeiro, todos de preto, batendo cassetetes contra os escudos, e disparando bombas. A segunda leva de PMs atirava com balas de borracha e a cada passo o que se via eram mais e mais professores caindo pelo chão. A Tropa de Choque agiu com extrema violência e os manifestantes correram para se proteger, um desespero total, homens e mulheres por todos os lados, em fuga, tentando ainda ajudar outras pessoas que já estavam gravemente feridas A polícia não deu trégua, o professor que aparece na foto, identificado como Marcio Henrique, diziam no atendimento, no ambulatório do TJ-PR, é de Londrina, e junto com ele haviam outros dois feridos. A princípio foi ferido por um tiro no olho.

De acordo com dados do Samu, liberados próximo das 17h, oito pessoas ficaram feridas gravemente e outras 150 sofreram algum tipo de ferimento, mas estes números devem subir. É um momento triste para a história do Paraná, novamente os professores são espancados na Praça Nossa Senhora de Salete. O deputado e presidente da ALEP Ademar Traiano disse no meio da confusão que o que estava acontecendo na rua era problema da segurança pública. Os deputados da base do governador como Guto Silva, Paulo Litro, Cantora Mara Lima, Francischini Junior e demais seguiram votando o projeto e não atenderam os apelos de outros deputados de ao menos suspender a votação naquele momento.

Lá fora, uma praça de guerra que chegou a afetar até mesmo as crianças. A creche que fica próximo ao Centro Cívico foi evacuada porque os alunos inalaram gás de pimenta. O mesmo aconteceu no prédio da prefeitura, onde servidores foram retirados por medidas de segurança. Dentro da Assembleia os deputados se recusaram a suspender a votação e, respaldados por Beto Richa que enviou a ordem ao comando da PM para que o confronto fosse iniciado e os manifestantes retirados do local, seguiram com o trabalho da pauta. Uma cena de horror, um dos piores momentos da história do Paraná.

https://www.facebook.com/elias.esser/videos/vb.100000151498508/1044203678928005/?type=2&theater




https://www.facebook.com/photo.php?fbid=439521616225846&set=a.103081246536553.6314.100005040332535&type=1

quarta-feira, 29 de abril de 2015

CENÁRIO DE GUERRA NO PARANÁ



Centenas de professores do estado que protestaram em frente à Assembleia Legislativa do Paraná estão feridos após repressão da PM. O prédio da prefeitura foi transformado em uma espécie de enfermaria. Bombas, balas de borracha e até blindados foram utilizados para reprimir os servidores. As imagens são de guerra 


Mais de 100 pessoas ficaram feridas durante os confrontos da tropa de choque com os professores. Projeto do ParanaPrevidência é aprovado. (Pragmatismo Político) 

Professores e servidores que estão hoje (29) na Assembleia Legislativa para acompanhar a votação de alterações na previdência do funcionalismo foram brutalmente agredidos pela Polícia Militar do governador Beto Richa (PSDB). 

De acordo com o jornal paranaense Gazeta do Povo, que cobre os conflitos in loco, mais de 130 manifestantes estão feridos e oito encontram-se em estado grave. O SAMU divulgou que o número total de feridos é de 150 pessoas. Os que apresentam estado mais grave foram encaminhados para o hospital Cajuru, um deles com traumatismo craniano. 

Foram utilizados blindados, bombas, balas de borracha, cães treinados e até um helicóptero para coibir os servidores. Um veículo do Batalhão de Fronteira do Paraná, que atua a 600km de Curitiba, foi deslocado para reforçar o cerco à Assembleia Legislativa. 

Diversos feridos estão sendo atendidos no meio da rua. O prédio da Prefeitura de Curitiba foi transformado em uma espécie de ambulatório para dar suporte aos atendimentos. 

O gás lacrimogênio utilizado pela PM acabou entrando em um dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) do Centro Cívico. Os pais foram buscar as crianças. Segundo o diretor, os alunos ficaram muito assustadas. 

As ambulâncias não foram suficientes e equipes da Guarda Municipal foram acionadas para ajudar no deslocamento dos manifestantes feridos. O prefeito Gustavo Fruet (PDT) disse que até o momento houve 34 pessoas encaminhadas ao hospital e que a ação do governo do estado tem um grau violência desnecessário. “Há dias a prefeitura vem alertando da desproporcionalidade da força.” 

O comandante da Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública afirmam policiais também ficaram feridos. 

Guerra 

O deputado federal Enio Verri disse que o cenário é devastador e fugiu do controle. “É uma atitude truculenta e absurda, ultrapassada, parece o Brasil do século 19. São trabalhadores organizados fazendo uma mobilização não para conquistar direitos, mas para não perdê-los. Eles (governo) não têm diálogo nenhum com o setor público e ainda por cima mandam colocar a polícia”, afirmou. 

ParanaPrevidência 

Os servidores públicos protestam contra o projeto de lei que promove mudanças no custeio do Regime Próprio da Previdência Social dos servidores estaduais – ParanaPrevidência. 

O projeto foi aprovado em primeiro turno na sessão na tarde de terça-feira com 31 votos favoráveis e 20 contrários. O projeto de lei muda a fonte de pagamento de mais de 30 mil beneficiários para o Fundo Previdenciário. 

Com isso, o governo deixa de pagar sozinho essas aposentadorias e a divide a conta com os próprios servidores, já que o fundo é composto por recursos do Executivo e do funcionalismo. 

(Atualização | 18H20) – Mesmo com a greve e a pressão dos professores na porta da Assembleia Legislativa do Paraná, o projeto que propõe mudanças na Paranáprevidência foi aprovado pelos deputados estaduais. O governador Beto Richa (PSDB) tem maioria governista na casa.

As imagens:

sábado, 28 de março de 2015

SUB-ZERO, A ESTÓRIA


Sub-zero é um dos mais importantes personagem do Mortal Kombat, passando pelas versões ninja com e sem máscara, de armadura, de braços congelados, ciborgue, deus do gelo e também representado como o emblemático Noob Saibot.

Então, aqui vai um pequeno apurado sobre esse que é um dos principais personagens do Mortal Kombat:



Historia do Sub-Zero

Postado por Guilherme Henrique

Um amigo meu pediu que eu colocasse no blog a historia do famoso Sub-Zero
Isso é o [que] conta os jogos e é meio complicado.

História

Kuai Liang, o segundo Sub-Zero, irmão do primeiro, Bi-Han, fez sua primeira aparição em Mortal Kombat II.

Foi enviado para o torneio pelo clã Lin Kuei para terminar o serviço de seu irmão, de matar Shang Tsung. 

Scorpion viu Sub-Zero poupar a vida de um de seus oponentes, assim ele percebe que esse Sub-Zero não era o mesmo Sub-Zero que o matou no passado (MK:Mythologies). 


Nos eventos de Mortal Kombat 3, Sub-Zero e seu amigo Smoke se negaram a se automatizar. Na fuga, Sub-Zero conseguiu escapar dos guardas do clã Lin Kuei mas Smoke foi capturado e convertido em robô. Nessa fuga, Sub-Zero feriu-se no olho direito por Kung Lao, o que explica sua cicatriz.


Os Lin Kuei tentaram matar o Sub-Zero mais novo porque ele não queria se submeter à vontade do Grande Mestre. Então ele desafiou o Grande Mestre (Mortal Kombat Deadly Alliance) e venceu, assim ganhando o Medalhão do Dragão, que ampliava os poderes de quem o utilizava. Mas o Grande Mestre não aceitou sua derrota e mandou Sektor, que foi derrotado por Sub-Zero, que se tornou Grande Mestre do Lin Kuei.


O Sub-Zero havia começado uma nova ordem Lin Kuei e precisava de novos talentos em seu templo, que agora viraria uma organização do bem. Ele iniciou um pequeno torneio e Frost foi a campeã. Frost era da mesma raça que Sub-Zero os Cryomancer, seres que tinham domínio do gelo (e que chegaram a ser a mais poderosa de Outworld, de onde originavam). Ele aceitou treinar Frost e foi traído pela mesma, que roubou o Medalhão do Dragão quando Sub-Zero baixou a guarda, e assim perdendo o controle, acabou se congelando e aparentemente morrendo. 



Sub-Zero encontrou uma caverna congelada e descobriu ser a tumba de seus antepassados, os Cryomancers. Ali ele enterrou Frost e encontrou uma armadura poderosa e resolveu vesti-la. Saindo da caverna, foi ao encontro de Raiden e das forças do bem, mas no meio do caminho, nas profundezas da Living Forest, uma legião de tarkatans o atacou e ele pensou "Se é para morrer, levarei o máximo deles comigo" e começou a matá-los, mas quando começou a se sentir cansado, a armadura começou a guiá-lo e ele se sentiu revigorado e matou todos os tarkatans e se encontrou com Raiden.


Se ele vai lutar com Scorpion e o mata , ou mesmo se encontrar com ele novamente, é um mistério.


No final do Sub-Zero no Armaggedon, após ganhar os poderes de Blaze (chefão e personagem secreto de MK:A) o Medalhão do Dragão amplificou seus poderes, tornando-o um tipo de Deus do Gelo. Porém, como os Elder Gods não consentirão isso, ele se tornou inimigo dos Realms e ficou lutando e sendo caçado pelos Elder Gods pela eternidade.

Seu nome é Kuai Liang, e seu code-nome era Tundra, mas assumiu o nome e o manto azul de seu irmão mais velho Sub-Zero (Bi-Han) para vingar sua morte. Sabe-se que ao contrario dos outros Linkuei, ambos os irmãos foram sequestrados pelo Grã-mestre, após o assassinato de sua família.


Durante a volta ao passado de Raiden depois do Armagedon, a história é alterada, assim Sub-Zero é transformado em Cyborgue e seu amigo Smoke foge a salvo.

Espero que gostem ( as imagens estão no local onde se trata o assunto).
________________________________________


Sub-Zero
Classificação Personagem Jogável
Dublado no Brasil por ---------------

Nome Real 
Bi Han (Primeiro Sub Zero)
Kuai Liang(Atual)(MKX)

Idade 
Bi Ham: Pendente
Kuai Liang: Pendente

Altura 
Bi Ham: Pendente
Kuai Liang: Pendente

Peso 
Bi Ham: Pendente
Kuai Liang: Pendente

Origem 
Earthrealm / Outworld(Kuai Liang)

Reside em 
Netherrealm (Bi Ham)
Netherrealm (Cyborg) /Netherrealm (Zumbi) /Earthrealm (Humano Atualmente)

Estilo de Luta 

Alinhamento 
Mal (Bi Ham)
Bem (Kuai Liang)
Aparição 

Todos os Jogos

Alternate Costume Possui

Variações de Personagem 
Unbreakable
Grandmaster
Cryomancer

Quantas almas você mantem?

— Sub-Zero para Ermac em Mortal Kombat X

Sub-Zero é o nome de um dos personagens mais famosos da franquia de jogos Mortal Kombat. O nome Sub-Zero é um título de conquista , conquistado por dois personagens da série, Bi Ham , o primeiro Sub-Zero e Kuai Liang, que se mantem atual. É o atual Grandmaster do clã de assassinos Lin Kuei, que antes era comandado por Sektor.

Índice[mostrar]
Histórico
Bi Ham

Bi Ham como Sub-Zero em Mortal Kombat e como Noob saibot Ressussitado por Quan ChiSub-Zero aparece no primeiro jogo da série. Seu nome era Bi Ham. Bi Ham fazia todos os tipos de serviços executados e mandados pelo feiticeiroShang Tsung.Em contra partida do torneio, Scorpionaparece querendo vingança por Sub-Zero ter matado o clã Shirai Ryu que na verdade era Quan Chi, o verdadeiro assassino do clã de Scorpion.Então, durante os fatos do Mortal Kombat original e também de MK9, Scorpionmata Bi Ham.

Ressurreição como Noob Saibot

Bi Ham é restaurado por Quan Chi em Mortal Kombat 3 e cameo em Mortal Kombat II, seguindo também Mortal Kombat 9. Noob Saibot não era leal a Shao Kahn mas sim aShinnok agindo desfarçadamente. Durante os eventos de Mortal Kombat 9, Noob Saibot foi morto por Nightwolf que o joga no Soulnado de Shao Kahn, assim retornando para seu local de renascimento, Netherrealm.

Kuai Liang

Kuai Liang em MK9Kuai Liang apareceu pela primeira vez em Mortal Kombat II em busca do assassino de seu irmão .Ele tinha seu melhor amigo chamado Smoke que disse que sempre que precisar dele. Ele ficava atrás das árvores da Living Forest seguindo Sub Zero . 

Scorpion viu Sub Zero lutando com Kung Lao , e Kung Lao acaba fazendo uma cicatriz no olho de Sub Zero . Scorpion luta com Sub Zero e Sub Zero e derrotado. Mas scorpion acabou descobrindo que aquele não era o verdadeiro sub zero e sim seu irmão. 

Logo depois aparece o Lin Kuei Grandmaster querendo transformar seus melhores ninjas assassinos em ciborgues . Sektor aceitou , mas Cyrax , Smoke e Sub Zero não aceitaram . 

Cyrax também virou robô , Sub Zero e Smoke fugiram mas Smoke foi capturado e teve uma lavagem cerebral para tirar todos os bons momentos de Sub Zero e Smoke e captura-lo para ser transformado em robô . 

Smoke achou Sub Zero . Sub Zero tinha uma promessa com Smoke de nunca lutar em um torneio de combate e Sub Zero não teve coragem de bater em Smoke . Somente Smoke e Scorpion sabiam que aquele não era o Bi Han . Mas em Mortal Kombat 3 Sub Zero revelou sua identidade e tirou sua mascara. 

Ele acabou descobrindo Noob Saibot (sobrenome de Boon e Tobias ao contrario) , seu irmão que foi morto . Ele foi ressucitado como fantasma de Bi Han e teve uma lavagem cerebral. E

m Mortal Kombat 4 Quan Chi falou mentiras na cabeça de Scorpion para assassinar Kuai Liang. Scorpion vai atrás de Sub Zero e o derrota . Sub Zero fala que Quan Chi que matou seu clã . Então Scorpion o persegue até netherealm . 

Em Deadly Alliance Sub Zero conhece Frost , da mesma raça de Sub Zero . Ela é um Lin Kuei também , outra Cryomancer . Ele começa a treinar Frost . Segundo a biografia de Sub Zero , ele tinha uma irmã e um irmão . O irmão era Bi Han , já a irmã era desconhecida . 

Em Mortal Kombat Deception , . Frost acabou roubando o amuleto de Sub Zero que ele ganhou dos Lin Kuei , mas ela não sabia mecher naquilo e acabou se congelando. Foi enterrada no palacio dos Lin Kuei .

Em MK Armageddon , Sub Zero virou o líder dos Lin Kuei após derrotar Sektor , Taven invade o palácio dos Lin Kuei , e acabou sem querer descongelando Frost . Na hora em que Sub Zero ia lutar com Taven ele percebeu que ele tinha uma tatuagem em seu rosto que era igual a um simbol em em uma portal e decide ajudar Taven .
Mortal Kombat X Comics

No templo do Red Dragon clã, Sub-Zero procurava o paradeiro da adaga do Kamidogu amaldiçoada por ordens de Raiden. Sub-Zero ataca vários soldados do clã e um deles dizia que nunca mexeria com Quan Chi

Sub-zero logo responde que Quan Chi era passado e que os soldados não teriam escolha a não ser deixa-lo entrar no templo. 

Um dos soldados implora pela vida dizendo que Daegon iriaa "engolir" sua alma. 

Sub-Zero se livra dos soldados e entra no templo a procura da adaga amaldiçoada mas acaba sendo surpreendido por Kano que também estava a procura da mesma adaga.

Kano diz a Sub-Zero que ele só tornou seu trabalho mais fácil e diz que Raiden mentiu para ele sobre a maldição da Kamidogu que continha aquela adaga. Sub-Zero se dá conta que a adaga é amaldiçoada e Kano corta o rosto de Sub-Zero deixando o com os olhos avermelhados.

Movimentos Especiais

Ice Clone: Sub-Zero cria um clone de gelo, que se for tocado congela quem o toca.

Ice Freze: Sub-Zero lança uma bola de gelo que se encostar no oponente, o congela (o oponente pode defender-se).

Slide: Sub-Zero da um carrinho no oponente deixando um rastro de gelo no chão. grond ice:sub-zero atira gelo no chao fazendo um circulo de gelo no chao se o oponente pisar o mesmo vai escorregar.

X-RAY Deep Freeze : Sub Zero desliza em frente ao personagem , e faz uma bola de gelo (congelando o rim) e a quebra , depois Sub Zero dá uma cabeçada no oponente dando um estrago no crânio. (MK 2011)

X-Ray Move: ???: Sub-Zero dá um soco no intestino do oponente e dele arranca algumas tripas congelando-as. Logo em seguida, Ele as transforma em uma lança de gelo com órgãos furando o olho esquerdo do oponente, atravessando completamente. (MKX) (Em Desenvolvimento)

Finalizações

Head Rip: Uns dos fatalitys mais violentos do Mortal Kombat e preferido de Ed Boon. Sub-Zero arranca a cabeça do oponente junto com a espinha. (MK1, MK4, MKG e MK 2011)

Overhead Ice Smash: Sub-Zero pega o inimigo e o levanta pro alto, então congela ele e parte-o ao meio. Em Mortal Kombat vs DC Universe Sub Zero o levanta pro ar e congelando , mas em vez de parti-lo ao meio ele o joga no chão se despedaçando.(Mas o nome do fatality não é mais o mesmo) (MK3,UMK3,MKT e MKvsDC)

Ice Stalagmite: Sub-Zero congela o oponente chega perto dele e da um gancho fazendo o oponente explodir.(MK2) (Imagem do fatality logo abaixo)

Ice Grenade: Sub-Zero joga uma bola de gelo no inimigo que explode da cintura pra cima. (MK2)

Ice Mist: Sub-Zero solta um sopro gelado que congela o oponente, que cai no chão, ficando em pedaços. (MK3,UMK3 e MKT)

Deep Freeze: Sub-Zero congela o oponente, então vem deslizando até ele e desfere um gancho que explode ele. (MK4 e MKG)

Skeleton Rip: Sub-Zero arranca o esqueleto do oponente brutalmente pelas costas. (MKDA)

Freeze Kick: Sub-Zero congela o oponente e chuta seu corpo, fazendo o oponente explodir. (MKvsDCU)

Freeze Slam: Sub-Zero agarra o oponente e o levanta pro alto, então o congela e joga o corpo no chão, fazendo explodir. (MKvsDCU)

Overhead throw: Sub-zero congela o oponente. em seguida arranca-lhe a cabeça, e a lança sobre o seu corpo, que explode (MKD, MKU)

Leg destruction: Sub-zero congela as pernas do oponente, em seguida, dá uma rasteira que explode as pernas, em seguida, Sub-zero o pisa, fazendo a cabeça sair (MKD, MKU)

Have an Ice Day: Sub-Zero congela o adversário a partir dos pés até a cintura. Ele então arranca o torso do oponente, e segura como troféu. (MK 2011)

Spinal Smash: Sub-Zero arranca a espinha do adversário e sai do crânio através de seu peito. Em seguida, ele congela o corpo do adversário e bate com a coluna vertebral. (MK 2011)

???: Sub-Zero fura o estômago do oponente deixando sua coluna a mostra. Então, ele quebra a espinha do oponente em duas partes, levanta o oponente separando-o em duas metades. (MKX) (ED)
Outras Finalizações

Animality: Ele se torna um urso polar e mata o oponente. (MK3, UMK3 e MKT)

Hara-Kiri: Ele se congela a partir dos pés com os braços abertos lembrando vagamente uma cruz, e depois cai ao chão, partindo-se em vários pedaços. (MKD, MKU)

Friendship 1: Sub zero mostra um boneco, e aparece a seguinte frase: "Buy a sub-zero Doll" (Compre um boneco do Sub-Zero)

Friendship 2: Sub zero se transforma em um boneco de neve.

Babality (MK 2011): Sub-Zero faz xixi nas fraldas congelando o xixi, então ele escorrega, cai no chão e começa a chorar.

Curiosidades:

Em Mortal Kombat: Trilogy, o Sub Zero clássico tinha um fatality supostamente censurado. Na verdade era uma piada dos produtores, ironizando o fato de que as pessoas reclamavam da violência do primeiro jogo, especialmente dos fatalities de Sub Zero e Kano.

O personagem originalmente se chamaria "Tundra" durante o desenvolvimento do jogo, mas os produtores acharam que o nome seria "inexpressivo" para ele. Há um personagem chamado Sub-Zero em todos os jogos dá série.

No trailer feito por Ed Boon , de Klassic Sub Zero vs Klassic Scorpion , Sub Zero ganha a luta e deu o fatality Head Rip em Scorpion . Ele pega Scorpion pelo pescoço e começa a puxar até a cabeça sair com a espinha junto . Antes do Mortal Kombat 2011 ser lançado , eles não sabiam que esse fatality memorável iria voltar .
Sub Zero foi o personagem que apareceu mais vezes em todas as versões do Mortal Kombat .

Em Mortal Kombat 2011 e Mortal Kombat Komplete Edition , Sub Zero , quando vai dar o fatality Have an Ice Day caso ele esteja colado no oponente ele irá dar um empurrão nele , para ele ir para seu lugar e dá o seu fatality .

______________________________________________________
Noob Saibot
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Noob Saibot

Noob Saibot, como apresentado em Mortal Kombat (2011).
Série de jogos Mortal Kombat
Primeiro jogo Como Sub-Zero:Mortal Kombat
Como Noob Saibot:Mortal Kombat II
Dublador em inglês Luke Perry e Jim Miller
Ator de captura de movimentos Daniel Pesina, John Turk e François Petit
Informações pessoais
Sexo Masculino
Alinhamento Neutro como Sub Zero
Mal como Noob Saibot
Raça Fantasma espectro (ex-Cryomancer)
Terra natal Plano Terreno (China)
Afiliação Lin Kuei como Sub-Zero
Brotherhood of Shadows como Noob Saibot
Arma Scythe (MK4, MKG)
Ninja Sword (MK:TE)
Troll Hammer (MK:A)
Estilo(s) de luta Hapkido (MK:TE)
Pi Gua (MK:TE)
Monkey (MK;D, MK:A)
Altura 1,89 m

Noob Saibot cujo verdadeiro nome é Bi-Han (璧漢) é um personagem dos jogos da série Mortal Kombat. No universo de Mortal Kombat, Noob Saibot é um espectro de Netherealm, que era o Sub-Zero original e irmão mais velho de Sub-Zero.1 Ele foi morto por Scorpion no primeiro Mortal Kombat. Noob Saibot teve que ganhar seu lugar em Netherrealm e se tornou uma força a ser considerada. No final de Mortal Kombat: Deception, é revelado que ele está disposto a matar até mesmo seu próprio irmão. Neste final, ele se junta ao antigo aliado de seu irmão, Smoke. Sub-Zero não gostava de ser chamado de "ninja". Ele era um homem muito leal ao seu clã e era reconhecido pelos seus companheiros e o grande mestre Lin Kuei como "Guerreiro Lin Kuei".

Acredita-se que a verdadeira identidade de Noob Saibot seria revelada em Mortal Kombat 4, mas como Noob Saibot foi trocado por Reiko, sua identidade como o Sub-Zero original não foi revelada até Mortal Kombat: Deception. Essa revelação foi um grande acontecimento na série Mortal Kombat.

Índice [esconder


Como Sub-Zero[editar | editar código-fonte]

Não está claro como a família de Sub-Zero se tornou parte do clã Lin Kuei, porém imagina-se que a família dele tem feito parte do clã há muitas gerações. Se sabe que o pai de ambos os irmãos (o quarto homem a ser conhecido como "Sub-Zero" em sua descendência) era um operador secreto do clã nos Estados Unidos. Ele se casou com uma estadunidense e juntos tiveram dois filhos e uma filha. Contra a vontade da mãe, o pai levou os dois filhos com ele ao retornar para a China, e assim os dois irmãos se tornaram guerreiros do Lin Kuei. A mãe e a filha permaneceram na América. Outra versão, é que os dois irmãos foram tirados da mãe, ainda quando eram apenas crianças. (Mortal Kombat 2011)

Sua primeira aparição cronológica foi em Mortal Kombat Mythologies: Sub-Zero quando o feiticeiro Quan Chicontratou os Lin Kuei para encontrar um amuleto ancião, ele foi enviado para encontrar o mapa que levava a sua localização. Ele não sabia que Quan Chi havia contratado um ninja japonês, Hanzo Hasashi, para a mesma tarefa no caso de Sub-Zero falhar. Hasashi e Sub-Zero encontraram-se na sala do mapa, onde Sub-Zero arrancou a coluna de Hasashi junto com sua cabeça; matando-o a sangue frio depois de uma breve luta. Depois que Sub-Zero entregou o mapa, Quan Chi cumpriu a promessa que havia feito ao Grandmaster dos Lin Kuei; o clã rival, o Shirai Ryu, foi aniquilado. Essa matança, combinada com a execução impiedosa de Hanzo, abasteceu o espectro vingativo de Scorpion que mais tarde participaria nos torneios do Mortal Kombat.

Depois que Sub-Zero entregou o amuleto para Shinnok e Quan Chi, ele foi enviado de volta para recuperá-lo pelo protetor de Earthrealm, Raiden, que explicou que o amuleto era a chave para soltar Shinnok. Sub-Zero roubou o amuleto de Shinnok e escapou de Netherrealm, recusando uma oferta de Quan Chi para se juntar àBrotherhood of the Shadow e louvar Shinnok. Quando ele estava em Netherrealm, ele foi avisado por Quan Chi que ele podia entrar apenas porque a sua alma havia sido contaminada com o mal; aparentemente preocupado com isso, Sub-Zero perguntou a Raiden se isso era verdade. Raiden confirmou os medos de Sub-Zero, mas informou a ele que apenas ele poderia mudar o destino dele.

Ao retornar ao clã dos Lin Kuei, ele soube que ele havia sido convidado a participar do torneio do Mortal Kombat (ele também foi contratado para matar o anfitrião do torneio, Shang Tsung por um dos maiores inimigos de Tsung; alguns fãs acreditam que este inimigo era Quan Chi). Durante este torneio, Sub-Zero encarou o espectro assassino de Hanzo Hasashi (ainda usando o seu "nome" de Scorpion), sendo morto por ele, e tendo então sua alma mandada para Netherrealm. Shinnok observou sua alma entrar em Netherrealm. Ele e Quan Chi agora tinham Sub-Zero para a Brotherhood of the Shadow. Lá, o Amuleto de Shinnok contaminou a alma de Sub-Zero, corrompendo-o completamente. Ele se tornou Noob Saibot e se curvou para Quan Chi e a 'Brotherhood of the Shadow'.
Como Noob-Saibot[editar | editar código-fonte]

Em Netherealm, Noob Saibot se juntou a Brotherhood of the Shadow, o que ele recusou enquanto vivo. Numa mudança sombriamente irônica, Noob Saibot agora seria leal a Shinnok. Uma de suas primeiras tarefas para seu novo lorde seria observar e informar os acontecimentos ocorridos em Earthrealm e Outworld; para isso, ele permaneceu nas sombras durante o torneio de Outworld, monitorando a situação para o Deus Ancião caído. Em Mortal Kombat Shaolin Monks, porém, ele é visto brevemente em Netherealm por seu irmão. Kung Lao e Liu Kang testemunharam Noob Saibot tentando matar Sub-Zero, porém ele consegue evitá-lo. Quando os Monges Shaolin se preparam para matar o espectro o ninja ordena que eles parem, dizendo que ele os matará se eles derem mais um passo. Sub-Zero então conta a eles que Noob Saibot é o irmão dele e a localização deScorpion, a quem o trio estava procurando. Nem Sub-Zero nem Noob Saibot são vistos outra vez até os acontecimentos de Mortal Kombat II.

Ao comando de Shinnok, Noob Saibot aliou-se com o imperador de Outworld, Shao Kahn, durante a invasão de Shao Kahn à Terra. Porém, quando os guerreiros de Earthrealm obtiveram a vantagem, Noob Saibot foi ordenado a trocar as alianças e se juntar aos guerreiros de Earthrealm, sem que Kahn soubesse. Depois que Kahn foi derrotado, Shinnok, sentindo que a hora havia chegado, foi libertado de Netherealm por Quan Chi, e conquistou Edenia. Noob Saibot agora servia a seu lorde diretamente. Mas apesar do planejamento cuidadoso do Deus Ancião caído, Shinnok foi derrotado mais uma vez pelas forças de Raiden e a 'Brotherhood of the Shadow' debandou. Com Shinnok totalmente derrotado, Noob Saibot passou a referir-se a ele simplesmente como "ido". Saibot voltou a servir o ainda enfraquecido Shao Kahn.

Alguns anos depois, nos eventos sucedidos de Mortal Kombat: Deadly Alliance, ele apareceu durante a batalha entre os exércitos de Edenia em parceria com os Shokans (liderados por Kitana e Goro) contra o exército de Outworld (liderado por Kano). Ele atacou o já exausto Goro, ferindo-o mortalmente. A guerra terminou trazendo a vitória para Edenia.

Com Kahn supostamente assassinado pelas mãos da Deadly Alliance, e Shinnok desaparecido, Saibot lentamente mudou de peão para jogador. Livre para seguir seus próprios interesses, e desinteressado nos casos envolvendo o retorno de Onaga, ele planejou criar sua própria legião de assassinos. Enquanto procurava a fortaleza abandonada de Kahn, ele descobriu o corpo inerte de Smoke. Reprogramando o ninja ciborgue para ser leal a ele.

Em Mortal Kombat Armageddon, Noob Saibot e Smoke invadem o palácio Lin Kuei, Smoke foge apos perder uma luta e Noob é capturado, Kuai Liang, seu irmão, atual Sub-Zero e Grande Mestre Lin Kuei diz ter com essa captura uma chace de trazer Bi-Han de volta ao normal, se isso se confirma ninguem sabe.

No filme Mortal Kombat, o personagem aparece como um dos "seguranças" de Shang Tsung e foi derrotado por Liu Kang na luta entre eles. No filme, Liu Kang atirou um balde com água em Sub-Zero quando o ninja estava usando uma técnica de congelamento, criando uma estalactite que o perfurou. O passado entre ele e Scorpion não é mostrado, Shang Tsung apenas afirma: "Scorpion e Sub-Zero, são inimigos mortais, mas são escravos do meu poder".

Noob Saibot (interpretado por J.J. Perry) aparece em Mortal Kombat: Annihilation, emergindo do tórax de Ermacpara atacar Jax e Sonya. Pouco depois ele é morto por Jax.

Noob Saibot (interpretado por Sultan Uddin) também apareceu em Mortal Kombat: Conquest. No episódio de mesmo nome, Saibot foi um guerreiro aprisionado de Outworld que foi solto por engano por Siro e Taja; Saibot foi então recrutado por uma feiticeira para assassinar Kung Lao, uma tarefa na qual ele falhou. Na época do programa, a revelação de que Saibot era o Sub-Zero original não havia sido usada ainda, pois Deception foi lançado anos depois.

Na série Battlewave, Sub-Zero alia-se a Kitana, Kung Lao e Baraka para derrotar Shao Kahn. Ele é também o único capaz de derrotar Scorpion, o novo general de Shao Kahn. Durante a ultima edição de Tournament Edition, Sub-Zero é representado como sendo vitorioso no torneio de Shao Kahn, derrotando Goro e tomando o Medalhão do Dragão, mesmo sendo morto por Scorpion.

Ambas as versões de Noob Saibot são vistas simultaneamente ativas na curta série de Mortal Kombat dos Quadrinhos Malibu. Esses quadrinhos ignoravam a herança maligna de Sub-Zero, uma vez que eles foram lançados antes da primeira vez que isso foi mencionado em Mortal Kombat Mythologies: Sub-Zero. Outra diferença com a história conhecida é que ele era retradado como o mocinho enquanto Scorpion era malvado por natureza. Durante a série Blood & Thunder, ele é fiel ao seu perfil no jogo em buscar a morte de Shang Tsung. Acompanhado por um companheiro do Lin Kuei, Hydro, ele enfrenta Scorpion e supera seus medos quando percebe que são eles que abastecem os poderes do espéctro.

Na edição "Baraka" de Malibu (1995), Noob Saibot aparece como um mocinho, e oferece a Baraka sua assistencia em caçar Scorpion e salvar um garoto tarkata (que é considerado "a ultima esperança de Outworld"). Nos quadrinhos é dito que ele é um observador dos acontecimento e guardião dos segredos de Outworld.
Informações de jogo[editar | editar código-fonte]
Como Sub-Zero[editar | editar código-fonte]

Durante a produção do primeiro jogo o nome original de Sub Zero seria Tundra, mas foi trocando durante o processo. Na versão para Super Nintendo do Mortal Kombat original, uma das linhas do final de Sub-Zero foi mudada de "The assassination of Shang Tsung" (O assassinato de Shang Tsung) para "The destruction of Shang Tsung" (A destruição de Shang Tsung). Isso foi censurado porque a palavra "assassinato" era muito pesada para a política da Nintendo na época. As diferenças entre os finais de Sub-Zero em Mortal Kombat 1 dos arcades e do SNES nas páginas a seguir:
Como Noob Saibot[editar | editar código-fonte]

Na aparição de Noob em Mortal Kombat II, as habilidades especiais dele são simplesmente copiadas de Scorpion. O seu nome é na verdade "Tobias Boon" de trás para frente, referencia aos co-criadores de Mortal Kombat, Ed Boon e John Tobias É muito comum entre fãs achar que como John Tobias saiu da Midway Games, a parte "Saibot" teve que ser removida do nome por razões legais. Tobias não possui nenhum direito sobre o nome "Saibot".

Em Mortal Kombat 3, Noob Saibot não é um "ninja" totalmente pintado de preto, mas sim uma versão totalmente preta de Kano, uma vez que não existem "ninjas mascarados" neste jogo. Ele também não tem absolutamente nenhum golpe especial mas usa alguns dos combos de Kano. Quando Noob ganha um round, o anunciante diz "Kano shows mercy!". Isso é obviamente um erro de programação. Na versão de Game Gear, ele possui os golpes especiais de Kano e o Eyebeam Fatality.

Perder para Noob Saibot na versão de SNES de Mortal Kombat II ira causar os gritos de"You will die, mortal!" e "Toasty!" de Shao Kahn e Dan Forden, respectivamente. Porém, na versão de arcade, Shao Kahn diz, "Feel the power of -" e é abruptamente interrompido pelo "Toasty!" de Dan Forden. Perder para Noob Saibot na versão de arcade de Ultimate Mortal Kombat 3 irá fazer Shao Kahn dizer "It's official, you suck!" em vez de "Noob Saibot wins".

Noob Saibot é jogável, de certo modo, em Mortal Kombat: Shaolin Monks. No modo Versus, se ambos os jogadores selecionarem Sub-Zero, o último jogador que o selecionou irá jogar com uma variação de roupa de Sub-Zero. A cor dele é preta, como o verdadeiro Noob Saibot, mas ele tem os braços congelados de Sub-Zero e retem todos os golpes e fatalities de seu irmão mais novo.

O único jogo na série principal que ele não participou é Mortal Kombat: Deadly Alliance. Porém, sua inclusão emMortal Kombat: Tournament Edition mostra que ele faz parte da história de principal de Deadly Alliance. Ele é na verdade Scorpion pintado de preto e com olhos azuis. Ele só possui 2 golpes especiais e tem os mesmos combos e estilos de luta de Scorpion. O que seria na história sua participação é que depois de Shinnok ter sido derrotado por Liu Kang, e Shao Kahn supostamente morto, Noob teria se tornado independente e livre para forjar sua propria legião de demonios para conquistar os reinos. Ele estava em busca de algum poder maior e fazendo uma busca na fortaleza abandonada de Shao Kahn ele lá encontrou o cyborg ninja Smoke, inoperante. Noob estaria consertando a nanotecnologia de Smoke. Ele lutou na Deadly Alliance, e nos campos de batalha, lutou e feriu mortalmente Goro. Depois disso ele consertou e reativou Smoke para juntos forjarem seu exército para dominar Outworld e a Terra. O que ocorre depois é a chegada de Onaga e o torneio Deception.
Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Classic Sub-Zero era um personagem jogável em Ultimate Mortal Kombat 3 e inicialmente se acreditava que ele era uma representação viva do Sub-Zero original. Sua biografia é quase a mesma do Sub-Zero mais jovem em Mortal Kombat II; ela afirma que, apesar de acharem que ele foi morto no primeiro Mortal Kombat, ele parece ter retornado para tentar assassinar Shang Tsung. Porém, seu final revela que ao remover sua máscara, é revelado que ele é "um guerreiro que acreditava-se ter morrido em um torneio anterior que irá retornar no próximo torneio".

O mais provável é que esse personagem foi apenas uma desculpa para usar todas as cores de ninjas existentes, ou que os fãs queriam jogar com Sub-Zero em sua forma ninja. Também deveria ser notado que muitos finais de personagens em jogos de Mortal Kombat não acontecem na continuidade oficial da história, então o final de Classic Sub-Zero não deve significar nada afinal.

Mortal Kombat: Armageddon: Prima Official Game Guide, lançado muito depois de Ultimate Mortal Kombat 3 e a revelação de que Noob Saibot é o Sub-Zero original, afirmam que o lugar de Classic Sub-Zero no jogo não tem importância nenhuma para a história, e que ele é, de fato, Noob Saibot.
Referências


Compilações Arcade Kollection

Pessoas Ed Boon · John Tobias