quarta-feira, 16 de março de 2011

ESTUPIDEZ

ESTUPIDEZ

Aos estelares raios fustigantes
Divaguei pelas frias madrugadas
A tristeza das almas mergulhadas
Na solidão das dores lancinantes!

Invoquei divindades renegadas
Numa assembléia de imortais gigantes
E aos rojões de narcóticos possantes
Pude até lhes ouvir as gargalhadas!

E assimilei o que me foi predito,
Exorcizando meu dantesco horror
Às camadas mesquinhas e pequenas,

Pois vi na estupidez do meu agito
Que os monstros que me causam mais temor
Estão na mente e só na mente apenas...